Jornal do Commercio
São José

Polícia apreende pistolas de uso exclusivo com menores na Favela do Papelão

Adolescentes informaram que armas estavam guardadas no barraco onde moravam

Publicado em 04/08/2011, às 23h39

Do NE10

Dois adolescentes de 15 anos foram apreendidos na noite desta quinta-feira (4), na Favela do Papelão, no bairro de São José, no Recife. Os rapazes foram abordados durante uma ronda policial. Com eles foram encontradas munições de pistolas de uso exclusivo das forças armadas brasileiras, sendo uma de calibre ponto 45 e outra 9 milímetros.

Ao serem questionados sobre a localização das armas, os adolescentes informaram que elas estavam guardadas no barraco onde moravam, junto com um colete à prova de balas da empresa Sena Segurança. Os rapazes estavam escondendo as pistolas a pedido do dono do armamento, mas disseram que não iriam informar o nome do mesmo.

A polícia estava fazendo incursões no local para tentar identificar o responsável por um homicídio ocorrido no último domingo (31), no qual a vítima foi encontrada morta nas proximidades da Estação Central do Metrô do Recife, com tiros de pistola ponto 45.

Os menores e as armas foram encaminhados para a Gerência de Proteção à Criança e a Adolescente (GPCA), na Rua Fernandes Vieira, na Boa Vista, para as providências cabíveis.

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM