Jornal do Commercio
investigação

Pai e filho são presos acusados de homicídios em Gravatá

Com eles, a polícia encontrou três revólveres calibre 38, um rifle calibre 44 e várias munições

Publicado em 26/08/2011, às 20h49

Do JC Online

Dois homens, pai e filho, acusados de praticar homicídios em Gravatá, Agreste pernambucano, foram presos na noite desta sexta-feira (26). A operação foi deflagrada a partir de levantamentos realizados pelo serviço de inteligência da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar. A ação deve continuar na busca de outros suspeitos.

Com Antônio Barros de Moraes, de 52 anos, e seu filho José Almir Barros de Moraes, 26, foram apreendidos três revólveres calibre 38, um rifle calibre 44 e várias munições.

Eles foram autuados na delegacia de Gravatá por porte ilegal de armas e, em seguida, encaminhados à cadeia da cidade. A polícia vai investigar o envolvimento deles com homicídios e, caso seja comprovado, eles também responderão por estes crimes.

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

20 anos do novo cinema pernambucano: de Baile Perfumado a Aquarius 20 anos do novo cinema pernambucano: de Baile Perfumado a Aquarius
Nos últimos 20 anos, o cinema pernambucano ganhou em diversidade e número de filmes produzidos
História das eleições no Recife História das eleições no Recife
JC faz resgate histórico do processo de escolha de prefeitos no Recife.
À luz de Verger À luz de Verger
Especial faz releitura do trabalho do fotógrafo francês Pierre Verger, um dos principais antropólogos e historiadores da cultura brasileira.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2016 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM