Jornal do Commercio
cidades cidades
  • Tamanho do texto:
  • A-
  • A+

investigação

Pai e filho são presos acusados de homicídios em Gravatá

Com eles, a polícia encontrou três revólveres calibre 38, um rifle calibre 44 e várias munições

Publicado em 26/08/2011, às 20h49

Do JC Online

Dois homens, pai e filho, acusados de praticar homicídios em Gravatá, Agreste pernambucano, foram presos na noite desta sexta-feira (26). A operação foi deflagrada a partir de levantamentos realizados pelo serviço de inteligência da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar. A ação deve continuar na busca de outros suspeitos.

Com Antônio Barros de Moraes, de 52 anos, e seu filho José Almir Barros de Moraes, 26, foram apreendidos três revólveres calibre 38, um rifle calibre 44 e várias munições.

Eles foram autuados na delegacia de Gravatá por porte ilegal de armas e, em seguida, encaminhados à cadeia da cidade. A polícia vai investigar o envolvimento deles com homicídios e, caso seja comprovado, eles também responderão por estes crimes.

Palavras-chave

imprima
envie para um amigo
reportar erro

Comentários

Por geisa,27/08/2011

pernambuco está muito violento vamos parar com assasinatos né?

Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Fotos do dia

"Cumpriu sua sentença. Encontrou-se com o único mal irremediável"
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem

> JC Imagem

"Cumpriu sua sentença. Encontrou-se com o único mal irremediável""Cumpriu sua sentença. Encontrou-se com o único mal irremediável""Cumpriu sua sentença. Encontrou-se com o único mal irremediável"

Ranking do dia

Especiais JC

A revolução da energia A revolução da energia
Em um momento difícil para a gestão de energia no Brasil, o JC traz um especial, no JC Online e no Jornal do Commercio, mostrando que essa é uma área essencial e em plena revolução
A loucura e suas implicações A loucura e suas implicações
Em 20 anos o tratamento de pessoas com transtornos mentais mudou no Recife. Manicômios fecharam para dar lugar a novos espaços
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM