Jornal do Commercio
cidades cidades
  • Tamanho do texto:
  • A-
  • A+

Morte

Jovem é assassinado dentro de casa no Zumbi do Pacheco

José Ricardo foi morto com tiros de revólver e espingarda na noite desse domingo

Publicado em 18/02/2013, às 07h43

Do JC Online

O jovem José Ricardo Ferreira da Silva, de 21 anos, foi assassinado na noite desse domingo (17), dentro de casa, em Zumbi do Pacheco, Jaboatão dos Guararapes. No momento do crime, por volta das 21h45, José Ricarco estava com a mãe e o pai.

Segundo os pais da vítima, homens de identidade desconhecida invadiram a casa e atiraram em José Ricardo. Ele foi atingido por tiros de revólver e espingarda e morreu na hora. Seu corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.

A Polícia Civil está investigando o crime, e informou que José Ricardo já havia sido preso. Ele era usuário de drogas e costumava praticar furtos no bairro em que morava, em Jaboatão dos Guararapes.

imprima
envie para um amigo
reportar erro


Comentários

Por Borges,18/02/2013

Depois do comentário do Sr. Vicente Henrique não tenho mais nada a acrescentar.

Por betania,18/02/2013

pecado que alei em pernambuco nao funciona bem. por que eu moro no exterior,e todos mundo que sente fala de recife,ou pernambuco, pensar que somos de pessoas pobre e de traficante

Por Vicente Henrique,18/02/2013

O José Ricardo, ex-presidiário e usuário de drogas, já roubou muita gente pra pagar sua droguinha! Tava na hora de se mandar pro inferno, aliás, já vai tarde! Essas leis equivocadas permitem que se consuma drogas em qualquer lugar, é um direito "deles"! Mas o traficante não perdoa. O consumo de drogas é livre neste país, assistimos diariamente em todas as ruas, jovens e adolescentes usando drogas abertamente, sem proibição. Para sustentar o vício, eles roubam a população, matam, fazem de tudo que é errado, não são punidos, pois as leis os favorecem....aí chega a senteça infalível: O TRAFICANTE! Este, executa os viciados devedores sem dó nem piedade; este faz a lei na prática, já que o poder público que deveria atuar é omisso, os defensores dos chamados "direitos humanos", OAB, Ministério Público e principalmente esse nocivo "Estatuto da Criança e do Adolescente". Enquanto eles se matam entre si, tudo bem, mas quando assassinam o cidadão de bem que não se envolve em drogas, aí é que está o perigo. Agora, quando as vítimas são os cidadãos, aqueles defensores citados acima aparecem para "proteger" esses assassinos, colocá-los numa Funase da vida para se especializarem na criminalidade e ainda têm a ousadia de classificá-los como "reeducandos"! É ridículo esse podre poder público, resultado do baixíssimo nível da classe política vagabunda, exploradora e dominadora da população. Essas leis frouxas incentivam a criminalidade. O mal deste país é a IMPUNIDADE!!!

Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Fotos do dia

Montagem da Campus Party 2014 no Centro de Convenções
Foto: Tato Rocha/Especial para o JC

> JC Imagem

Montagem da Campus Party 2014 no Centro de ConvençõesMontagem da Campus Party 2014 no Centro de ConvençõesMontagem da Campus Party 2014 no Centro de ConvençõesMontagem da Campus Party 2014 no Centro de ConvençõesMontagem da Campus Party 2014 no Centro de Convenções

Ranking do dia

Especiais JC

A revolução da energia A revolução da energia
Em um momento difícil para a gestão de energia no Brasil, o JC traz um especial, no JC Online e no Jornal do Commercio, mostrando que essa é uma área essencial e em plena revolução
A loucura e suas implicações A loucura e suas implicações
Em 20 anos o tratamento de pessoas com transtornos mentais mudou no Recife. Manicômios fecharam para dar lugar a novos espaços
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM