Jornal do Commercio
repressão

Polícia apreende 105 quilos de maconha em Cruz de Rebouças

Dois suspeitos foram presos portando a droga, dos quais um deles já tem passagem na polícia por tráfico de entorpecentes e estava em liberdade há pouco tempo

Publicado em 12/03/2014, às 11h07

De acordo com o delegado João Leonardo Cavalcanti, do Denarc, Gilvandro Cassimiro já é conhecido da polícia / Foto: Valéria Oliveira/JC

De acordo com o delegado João Leonardo Cavalcanti, do Denarc, Gilvandro Cassimiro já é conhecido da polícia

Foto: Valéria Oliveira/JC

Do JC Online

A Polícia Civil divulgou na manhã desta quarta-feira (12) apreensão de 105 quilos de maconha prensada que ocorreu na última sexta-feira (7). A droga foi encontrada na casa de dois homens em Cruz de Rebouças, no município de Igarassu, Região Metropolitana do Recife (RMR). Dois suspeitos foram presos portando a droga, dos quais um deles já tem passagem na polícia por tráfico de entorpecentes e estava em liberdade há pouco tempo.

Os policiais do Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) já vinha investigando um dos suspeitos, identificado como Gilvandro Cassimiro de Oliveira, 43 anos, há cerca de 20 dias, após receber a informação de que o indivíduo estaria praticando a atividade ilegal na localidade. Os agentes realizaram uma campana em frente à casa do suspeito e flagraram o momento em que um outro homem, Paulo Riamundo da Silva, 45, recebeu certa quantidade da droga de Gilvandro e a armazenou em uma Kombi. No veículo, foram encontrados 10 quilos de maconha. Já na casa de Gilvandro, foram apreendidos 95 quilos de droga enterrada nos fundos da casa.

De acordo com o delegado João Leonardo Cavalcanti, do Denarc, Gilvandro Cassimiro já é conhecido da polícia. Em junho de 2012 ele foi autuado por tráfico de entorpecentes e posse irregular de arma de fogo. "Nós recebemos a informação de que após a saída do presídio, ele retornou a atividade de tráfico de drogas. E para nossa surpresa, ele estava atuando em um local muito próximo onde havia sido autuado por nossos policiais há dois anos atrás", comentou o delegado.

A polícia acredita que pelas características da droga, ela tenha sido trazida do Paraguai, e seria distribuída na RMR. As investigações irão continuar e mais pessoas devem ser indiciadas ao fim do inquérito.

Os acusados foram autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico e encaminhados para o Centro de Triagem de Abreu e Lima (Cotel). As penas, somadas, podem chegar até 23 anos de reclusão.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM