Jornal do Commercio
CRIME

Professora é espancada até a morte em Vertentes, no Agreste

Os suspeitos roubaram um carro e uma motocicleta de Aldenize Bezerra Correira de Araújo, 62 anos

Publicado em 25/01/2016, às 09h51

O corpo da mulher estava coberto com lençóis quando foi encontrado por um sobrinho dela / Foto: Arte/JC

O corpo da mulher estava coberto com lençóis quando foi encontrado por um sobrinho dela

Foto: Arte/JC

Do JC Online
Com informações do NE10 Interior

Uma professora foi espancada até a morte dentro de casa, em Vertentes, no Agreste de Pernambuco, na sexta-feira (22). Os suspeitos roubaram um carro e uma motocicleta de Aldenize Bezerra Correira de Araújo, 62 anos.

O corpo da mulher estava coberto com lençóis quando foi encontrado por um sobrinho dela. A vítima também teria sido estrangulada com um pedaço de tecido.

De acordo com a Polícia Militar, não havia sinais de arrombamento na casa e vários objetos estavam revirados. Uma enxada com o cabo quebrado, que teria sido usada pelos suspeitos, foi encontrada no local. O caso está sendo investigado e ainda não há informações sobre a localização dos autores do crime.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM