Jornal do Commercio
SERTÃO

Suspeito de matar jovens em Petrolina tinha intenção de estuprá-las

Dois homens foram presos suspeitos de envolvimento no crime, que aconteceu na segunda-feira (5)

Publicado em 09/09/2016, às 11h09

As duas jovens foram encontradas mortas na segunda-feira (5). Os suspeitos foram presos na quinta-feira (8) / Foto: Reprodução
As duas jovens foram encontradas mortas na segunda-feira (5). Os suspeitos foram presos na quinta-feira (8)
Foto: Reprodução
JC Online
Com informações do NE10 Interior

A delegada da  Delegacia de Homicídios de Petrolina, Sara Machado, divulgou, nesta sexta-feira (9), detalhes sobre a prisão de uma dupla suspeita de envolvimento na morte de duas jovens de 19 anos na cidade, na segunda-feira (5). Segundo ela, um dos suspeitos afirmou que o outro tinha a intenção de estuprar Taiane de Souza Costa e Bruna Souza Torres, mas acabou desistindo.

"Pelas provas periciais iniciais, não há nenhum sinal de violência sexual", afirmou a delegada. A polícia ainda espera por perícias complementares.

 

 

A polícia chegou os suspeitos Lucas Conceição Santos, 38 anos, e Lindolfo Nunes da Silva, 40, por meio de denúncias anônimas e diligências no bairro da Cohab e proximidades, em busca de envolvidos em crimes de roubo. "Se tomou cohecimento do furto dos celulares e dinheiro das vítimas, a equipe de homicídio entrou em campo tentando identificar aquelas pessoas na localidade que vinham praticando roubos com arma branca", explicou a delegada.

Os dois foram presos na quinta-feira (8), Lucas estava com o celular de uma das mulheres e tinha dois mandados de prisão em aberto por roubo na Bahia. O outro homem teria ficado com o aparelho da outra jovem. Eles também roubaram R$ 37 das vítimas.

Mais informações na matéria do NE10 Interior.

CASO 

Bruna Souza Torres e Taiane de Souza Costa foram encontradas mortas na segunda-feira (5), no distrito industrial de Petrolina. Na terça-feira (6), o local foi incendiado por por populares revoltados com o crime. As jovens foram abordadas enquanto estavam a caminho do trabalho, por volta das 7h.

Elas tiveram as roupas rasgadas, as mãos amarradas e teriam sido mortas a golpes de faca no pescoço. Os corpos estavam a 100 metros da pista por onde elas habitualmente passavam a pé e foram encontrados pelo tio de uma das vítimas.

Recomendados para você


Comentários

Por Marques,09/09/2016

Veja! A delegada diz: que conseguiu localizar e preder os suspeitos por denúncias anônimas das pessoas que estavam praticando roubos e furto com armas branca. Se a polícia fizesse o seu trabalho correto de rotina como de patrulha ou ate mesmo de diligências para capturar estes meliantes isso não teria acontecido uma vez que a população já sabia quem praticava tais delitos. Isso prova que nossa polícia é negligente junto a população e não cumpre seu dever que lhe é atribuido.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM