Jornal do Commercio
VIOLÊNCIA

Polícia desmente boato sobre arrastão no Centro do Recife

De acordo com a Polícia Militar (PM), lojas foram fechadas na região após início de correria

Publicado em 14/12/2016, às 15h35

De acordo com a Polícia Militar, nenhum registro de ocorrência foi registrado decorrente de algum arrastão no Centro / Foto: JC Imagem
De acordo com a Polícia Militar, nenhum registro de ocorrência foi registrado decorrente de algum arrastão no Centro
Foto: JC Imagem
JC Online

Atualizada às 19h58

Muita gente que esteve no Centro do Recife, na tarde desta quarta-feira (14), viveu momentos de tensão e correria após circularem informações nas redes sociais sobre um arrastão que estaria acontecendo próximo a localidades como a Rua das Calçadas, Rua Sete de Setembro, Rua da Imperatriz e Avenida Conde da Boa Vista. De acordo com a Polícia Militar (PM), o ocorrido não passou de um "boato" e a correria das pessoas nas ruas ocasionou o fechamento de algumas lojas da área.

Com a polícia em operação padrão, a presença das Forças Armadas nas ruas do Recife tenta "preservar a ordem pública e a incolumidade das pessoas e do patrimônio". Atuando em operações do "tipo polícia", os 3,5 mil homens da marinha, exército e da aeronáutica estão circulando na cidade desde a sexta-feira (9) e pretendem seguir em operação até o dia 19 de dezembro.

Ainda assim, o policiamento tanto da PM como das Forças Armadas parece não ter sido suficiente para conter a sensação de insegurança da população. Após a confusão no Centro da cidade na noite dessa terça-feira (13), promovida por grupos que estavam na manifestação contra a aprovação da PEC do Teto, comerciantes e frequentadores da região voltaram a vivenciar momentos de correria e fechamento de lojas no início desta tarde.

De acordo com a Polícia Militar, nenhum registro de ocorrência foi registrado decorrente de algum arrastão no Centro. Entretanto, a polícia confirma o registro de correria na região e consequentemente o surgimento do "boato" sobre arrastões.

Ainda segundo a assessoria da PM, o policiamento no Centro da Cidade tem sido reforçado mediante solicitação da Associação dos Lojistas do Centro do Recife, que tem apontado as áreas mais críticas de insegurança. Com os novos tumultos, a promessa é de que haverá ainda mais reforço no policiamento.

Boato

Ainda na tarde desta quarta (14), no bairro de Afogados, próximo à feira pública do bairro, a informação sobre um arrastão também começou a ser disseminada entre populares. A polícia foi acionada, mas ao chegar ao local não presenciou movimentação criminosa alguma.

Nota da PM

Em razão dos muitos boatos sobre “arrastões” que estariam ocorrendo em diversos pontos do Grande Recife, a Polícia Militar esclarece que apenas na área do 16 BPM, no Centro da Cidade, houve registro de correria. Assustados, alguns comerciantes chegaram a fechar as portas, mas não houve registro de assaltos nesses episódios. Em Afogados, o 12 BPM chegou a ser acionado e dirigiu viaturas para o local indicado onde estaria havendo problema semelhante, mas nada foi encontrado. Em Jaboatão, cidade também citada nas redes sociais, não aconteceu nada e a polícia sequer foi chamada.

A respeito do Centro do Recife, a PMPE lembra que o policiamento foi distribuído de acordo com o que foi acertado durante uma reunião com a CDL, mas tendo em vista os problemas que aconteceram hoje, já foi enviado reforço para a área.

Nunca é muito alertar para o perigo de se reproduzir informações sem confirmação, pois a divulgação de boatos não contribui em nada, causando apenas prejuízos para os comerciantes e transtornos para a população.

Recomendados para você


Comentários

Por eu,14/12/2016

É complicado , a policia e a mídia falam que só foi boato , enquanto o povo que estava na rua disseram ser ao contrario ! eu por exemplo to com pavor de sair na rua !

Por Humberto Silva,14/12/2016

REALMENTE ESTAMOS VIVENDO DIAS MUITO CONTURBADOS E SEM SEGURANÇA ALGUMA, TANTO EM CASA, COMO NO TRABALHO OU EM QUALQUER LUGAR QUE ESTEJAMOS.NÃO EXISTE HORA E NEM LOCAL OU QUE SEJA DIA, NOITE OU NA MADRUGADA.ESTAMOS NAS MÃOS DE BANDIDOS E EM ESPECIAL DESSE GOVERNO CORRUPTOS.NÃO EXISTE MAIS O SIMBOLO NA NOSSA BANDEIRA "ORDEM E PROGRESSO", E SIM "DESORDEM E RETROCESSO" . VAMOS PEDIR Á DEUS QUE VOLTE LOGO!!!! BOA SORTE A TODOS E QUE DEUS NOS LIVRE DO MAL......

Por Glauce,14/12/2016

No momento do boato estava próxima a Rua da Imperatriz, indo a Conde da Boa Vista só via o povo correndo e entrando nas lojas para se proteger, mas não vi nada somente boatos de arrastões. Desisti de comprar ou resolver alguma coisa e retornei ao trabalho na Manoel Borba.

Por Carlos,14/12/2016

CENTRO TERRA DE NINGUEM, TAVA NA CIDADE E TEVE SIM MUITA CORRERIA,FRUTO DA INSEGURANÇA

Por Palhaça Brasileira,14/12/2016

Boato? Tá acredito... Trabalho aqui na Boa Vista e o que vi não foi nada de "Boato".



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Prêmio ISS Recife Prêmio ISS Recife
Principal item da receita própria dos municípios, o Imposto Sobre Serviços (ISS) entra no cofre das prefeituras tanto para custear despesas quanto para viabilizar investimentos nas cidades.
#ConexãoPelaVida #ConexãoPelaVida
Há quase dois séculos, o Real Hospital Português mantém a sua atenção voltada para o bem-estar dos pacientes. Conheça um pouco mais sobre a instituição médica que aos 162 não para de se modernizar
Agreste Empreendedor Agreste Empreendedor
O Agreste pernambucano é a região que mais cresce em Pernambuco. E, por incrível que pareça, a força motriz que puxou esse desenvolvimento foi o empreendedorismo.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM