Jornal do Commercio
SEGURANÇA

Expectativa da PM é de mais 400 policiais nas ruas com suspensão de férias

Renovação do prazo das Forças Armadas em Pernambuco poderá ser estendido, a depender de decisão do Governo do Estado

Publicado em 15/12/2016, às 12h50

Policiais que se recusarem a voltar das férias poderão sofrer
Policiais que se recusarem a voltar das férias poderão sofrer "processos administrativos", segundo sub-comandante da PM
Foto: Felipe Vieira/ JC
JC Online
Com informações do repórter Felipe Vieira

Após anunciar a suspensão do gozo de férias dos policiais civis e militares de Pernambuco,o comando da Polícia Militar (PM) espera que cerca de 400 integrantes das corporações voltem às ruas. Durante entrevista coletiva, concedida na Secretaria de Planejamento do Estado (Seplag), o sub-comandante da PM, Adalberto Freitas, esclareceu que o policial que se recusar a voltar das férias estará passível a sofrer "processos administrativos".

 

 

Ainda segundo o comandante, o não-cumprimento do Programa de Jornada Extra de Segurança (PJES) não tem conseguido uma grande adesão entre os policiais. "Nas unidades que nós fomos tivemos um retorno positivo. O pessoal (policiais) tem a consciência de que esse não é um momento bom nem pra gente, nem pra eles. Estamos tentando conversar e buscar o diálogo nesse processo.

 

Forças Armadas

Sobre a presença dos 3,5 mil homens da Marinha, Exército e Aeronáutica no Estado, o Coronel Adalberto esclareceu que a princípio eles permanecem nas ruas até o próximo dia 19. Uma possível renovação desse prazo só será definida posteriormente pelo Governo.

 

 

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM