Jornal do Commercio
FUGA

Nove internos fogem da Funase de Vitória de Santo Antão

Os adolescentes simularam uma briga e conseguiram fugir por um buraco na unidade

Publicado em 03/02/2017, às 16h15

A Polícia Militar e a Civil foram acionadas para as buscas, mas até o momento nenhum deles foram recapturados / Foto: Divulgação/Funase
A Polícia Militar e a Civil foram acionadas para as buscas, mas até o momento nenhum deles foram recapturados
Foto: Divulgação/Funase
JC Online

Um grupo de internos da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Pacas, localizado no distrito de Vitória de Santo Antão, na Zona Mata Sul do estado, fugiu da unidade de ressocialização na noite dessa quinta-feira (2). Ao todo, nove adolescentes conseguiram escapar da casa. Durante a fuga, não houve mortos e nem feridos

De acordo a Funase, tudo começou quando os reeducandos simularam uma briga durante o jantar. No momento em que os agentes tentavam conter a confusão, os internos aproveitaram a situação e fugiram por um buraco.

A Polícia Militar e a Civil foram acionadas para as buscas, mas até o momento nenhum deles foi recapturado. 

Nesta sexta a unidade está tranquila

A Corregedoria da Funase esteve em Pacas para apurar o acontecimento. Nesta sexta-feira (3), a situação na unidade está tranquila.

Segundo a Funase, o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Pacas abrigava 72 socioeducandos. Com a fuga, agora são 63.

Recomendados para você


Comentários

Por CÍNTIA RAMOS,03/02/2017

SERÁ QUE ERAM OS QUE SUBIRAM NA LINHA BARRO/MACAXEIRA/VÁRZEA HOJE PELA MANHÃ PARA ASSALTÁ-LA, SEM HAVER UM POLICIAL NA INTEGRAÇÃO DA CAXANGÁ?



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM