Jornal do Commercio
AGRESTE

Sargento da PM reage a assalto a ônibus de estudantes e é morto

Genival da Silva, 34 anos, também era aluno e estava voltando da faculdade quando criminosos invadiram o veículo e anunciaram o assalto, na PE-90, em Umari

Publicado em 14/03/2017, às 08h39

O sargento foi atingido por três disparos / Foto: Reprodução
O sargento foi atingido por três disparos
Foto: Reprodução
JC Online

Um estudante de Direito que também era sargento da Polícia Militar foi morto nessa segunda-feira (13), após reagir a um assalto a ônibus que transportava alunos da Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro (Facal) para a cidade de Surubim. Três suspeitos anunciaram o crime quando o motorista parou o veículo para o desembarque de um aluno, às margens da PE-90, em Umari, distrito de Bom Jardim, no Agreste, por volta das 23h.

>>> Dias antes de morrer, sargento criticou segurança pública de Pernambuco

Quando o trio estava no corredor do ônibus, o PM Genival José da Silva, 34 anos, reagiu. Os criminosos revidaram e mataram ele com três tiros. Outras duas estudantes, de 19 e 34 anos, foram feridas na coxa e na mão, respectivamente, mas não correm risco. 

Segundo os outros alunos que estavam no veículo, um dos suspeitos ficou ferido, mas conseguiu fugir com os demais. Há informação de que dois bandidos morreram, mas até o momento a Polícia Civil não confirmou.

Após o crime, o motorista do ônibus seguiu para o Hospital São Luiz, em Surubim. O corpo do sargento foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Sargento era graduado em Ciências Sociais e tinha blog de notícias

O PM já era graduado em Ciências Sociais e pós-graduado em Direitos Humanos pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Genival também tinha um blog, onde publicava, principalmente, notícias sobre segurança pública. Ele descrevia a página como um espaço que "se propõe ser uma ferramenta a mais na formação do senso crítico dos leitores".

Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por José,21/10/2017

Tem que liberar arma para o cidadão, porque em uma investida dos bandidos em um assalto, sabendo eles que essas pessoas es~tao armadas, com certeza os bandidos iriam recuar, em um confroto, pode haver baixa dos dois lados, porém o mais grave é o cidadão perder a vida sem chance de defesa, essa lei de desarmamento, foi apenas mais um ato da incompetência política de um grupo despreparado para exercer essa função.

Por zevieira,15/03/2017

O MAIOR CULPADO DE TUDO SÃO ESSES POLÍTICOS CORRUPTOS QUE ROUBAM BILHÕES DO NOSSO PAÍS, NÃO INVESTEM EM EDUCAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA, COM O APOIO DE UM JUDICIÁRIO MEDÍOCRE (vejam o STF). No dia que houver PENA DE MORTE para decapitar esses malditos políticos então, deixará de haver roubalheira e o brasileiro terá cidadania!!!

Por Felipe,14/03/2017

Cerca de 850 "boatos" assassinados em 2017 em Pernambucuzinho.

Por João Augusto,14/03/2017

Resumo: governo do P$B.

Por Carlos,14/03/2017

Não é somente em PE que acontecem roubos e homicidios em quantidade escabrosa. Em Brasilia-DF e em grande parte do país os ladrões infestaram ruas, bairros e municipios. Não sei onde vamos chegar.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Prêmio ISS Recife Prêmio ISS Recife
Principal item da receita própria dos municípios, o Imposto Sobre Serviços (ISS) entra no cofre das prefeituras tanto para custear despesas quanto para viabilizar investimentos nas cidades.
#ConexãoPelaVida #ConexãoPelaVida
Há quase dois séculos, o Real Hospital Português mantém a sua atenção voltada para o bem-estar dos pacientes. Conheça um pouco mais sobre a instituição médica que aos 162 não para de se modernizar
Agreste Empreendedor Agreste Empreendedor
O Agreste pernambucano é a região que mais cresce em Pernambuco. E, por incrível que pareça, a força motriz que puxou esse desenvolvimento foi o empreendedorismo.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM