Jornal do Commercio
CRIMES

SDS: Pernambuco registrou menos assalto a ônibus e bancos em fevereiro

Apesar da confirmação da redução dos crimes cometidos no transporte urbano e unidades bancárias, taxa de homicídios continua crescendo

Publicado em 15/03/2017, às 15h40

O número apresentado pela secretaria aponta uma redução ainda tímida após três meses de crescimento de assalto contra ônibus / Foto: Diego Nigro/JC Imagem
O número apresentado pela secretaria aponta uma redução ainda tímida após três meses de crescimento de assalto contra ônibus
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
JC Online

Os dados oficiais da Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco atestam uma informação que grande parte da população ainda custa a acreditar. Na tarde desta quarta-feira (15), o secretário Angelo Gioia e o chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle, anunciaram que o número de Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVLP), de uma forma geral diminuiram em todo o Estado. Nesta estatística, constam as investidas contra agências bancárias e Ônibus, que conforme os dados da SDS, diminuiram respectivamente 33%, nos casos consumados, e 3% nos coletivos.

Apesar da confirmação da redução dos crimes cometidos no transporte urbano, não é possível reconhecer uma melhora na segurança. Isso porque o número apresentado pela secretaria aponta uma redução ainda tímida após três meses de crescimento do índice.

Somente em janeiro deste ano, 199 ocorrências foram registradas, em contraopnto às 175 no mês seguinte, segundo o anúncio da SDS.

Bancos

Em relação aos bancos, nas ações consumadas pelos bandidos, houve uma redução geral no Estado de 33%, representando menos 4 investidas contra bancos, caixas eletrônicos e carros-fortes. 

Nos casos em que as ações não foram concluídas, a redução em todo o estado chega aos 40%, com menos 2 ocorrências de tentativas contra bancos, caixas eletrônicos e carros-fortes.

Homicídios seguem aumentando

Mesmo com uma redução modesta nos crimes não letais, o Governo de Pernambuco não conseguiu conter a taxa de homicídios no Estado. Pelo terceiro mês consecutivo, Pernambuco registrou recorde histórico no número de homicídios. Em dezembro de 2016 e em janeiro deste ano, as estatísticas apontaram a maior quantidade de assassinatos já registrada desde a criação do programa de segurança Pacto pela Vida, que completa dez anos em maio.

Os dados foram divulgados durante a tarde desta quarta-feira (15) no auditório da Secretaria de Defesa Social do Estado, em Santo Amaro.

 

 

Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Glauce,15/03/2017

SDS, me engana que gosto, o povo não é bobo e sabe que em vez de diminuir esta aumentando a violência a própria polícia sabe disso. Queremos mais segurança.

Por Carlos Eduardo,15/03/2017

Lógico o mês so teve 28 dias...........



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.
#PeloCaminhar #PeloCaminhar
Mais do que mobilidade, caminhar também é apropriar-se da cidade. Mas o caminhar está difícil. A mobilidade a pé necessita de uma infraestrutura própria, decente, que eleve o pedestre ao posto maior. Por isso o JC lança a discussão #PeloCaminhar.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM