Jornal do Commercio
REVOLTA

Família de jovem baleado em operação da PM vai entrar na Justiça

Edvaldo Alves da Silva foi levado em estado grave para o Hospital Miguel Arraes, em Paulista

Publicado em 18/03/2017, às 17h58

Irmão da vítima fez apelo por doações de sangue / Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Irmão da vítima fez apelo por doações de sangue
Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Editoria de Cidades

Um misto de tristeza e revolta. As imagens que chocaram internautas são motivo de dor para a família de Edvaldo Alves da Silva, de 22 anos, baleado por um policial militar durante um protesto por segurança em Itambé, na Zona da Mata, na tarde dessa sexta-feira (17). O jovem continua em estado grave na UTI do Hospital Miguel Arraes, em Paulista, e precisa de doação de sangue para realizar um segundo procedimento cirúrgico. Com as imagens gravadas no momento do disparo, a família pretende entrar da Justiça já na segunda-feira (20). 

"Eles nos procuraram, pediram pra deixar pra lá, mas nós vamos procurar, sim, a Justiça. Já entramos em contato com um advogado, que vai chegar ao Recife na segunda-feira. Isso é um absurdo, trataram meu irmão como cachorro. Mexeram com um homem inocente", afirmou o irmão da vítima, José Roberto da Silva Santos, de 27 anos. Segundo ele, Edvaldo mora com a mãe e costumava trabalhar como marceneiro, mas estava desempregado. "Ele foi até lá ontem para pedir segurança, porque a gente não aguenta mais tanta violência na cidade. A polícia, que deveria proteger as pessoas, atirou em um inocente."

Ainda de acordo com o irmão, o estado de saúde de Edvaldo é gravíssimo. "Só Jesus pra salvar ele", lamentou. A família agora está atrás de doadores de sangue, já que o jovem deve passar por uma segunda cirurgia de emergência. Na sexta-feira, ele foi levado ao Hospital Municipal de Itambé e tranferido para o Miguel Arraes, onde passou por um procedimento cirúrgico para a retirada da bala. Segundo a assessoria de imprensa da unidade de saúde, a situação ainda é grave.  

PROTESTO

Edvaldo estava protestando ao lado de outros moradores do município na tarde da sexta-feira, quando foi vítima de um disparo de arma de fogo. Segundo uma testemunha, o ato era pacífico e os manifestantes estavam à espera da chegada da imprensa. Os policiais chegaram e teriam ordenado o fim da manifestação. No vídeo que repercutiu na internet, é possível ver o jovem falando com uma mulher que, segundo uma testemunha, que preferiu não se identificar, estava com medo das ameaças da polícia e queria ir embora. Edvaldo se negou a sair e, neste momento, um policial aparece nas imagens perguntando: "é esse que vai levar o tiro primeiro?". Em seguida, outro policial efetua o disparo. 

A vítima ainda é arrastada pelo asfalto e agredida por um policial militar. Em nota, a Secretaria de Defesa Social (SDS) afirmou que determinou abertura de inquérito policial e procedimento administrativo para apurar a ocorrência. O órgão não soube informar se o policial militar foi afastado das atividades enquanto a investigação acontece. Procurada, a Polícia Militar (PM) até às 18h não tinha conseguido contato com o comando do batalhão. 

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

#ConexãoPelaVida #ConexãoPelaVida
Há quase dois séculos, o Real Hospital Português mantém a sua atenção voltada para o bem-estar dos pacientes. Conheça um pouco mais sobre a instituição médica que aos 162 não para de se modernizar
Agreste Empreendedor Agreste Empreendedor
O Agreste pernambucano é a região que mais cresce em Pernambuco. E, por incrível que pareça, a força motriz que puxou esse desenvolvimento foi o empreendedorismo.
Envelhecer bem Envelhecer bem
Com eles não tem isso de ficar em casa ou passar boa parte do dia lendo ou na frente da televisão. Não suportam dias monótonos. Eles são muito ativos e encaram qualquer desafio, até porque querem aproveitar a vida da melhor forma possível.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM