Jornal do Commercio
Pirataria

Pirataria: polícia apreende mais de mil caixas de bluetooth pirateadas

As mercadorias estavam sendo vendidas em lojas do Centro do Recife. Pirataria foi denunciada pela empresa fabricante do produto

Publicado em 14/07/2017, às 12h33

Operação foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (14/07) / Foto: Felipe Jordão
Operação foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (14/07)
Foto: Felipe Jordão
Da Editoria Cidades

A Delegacia de Crimes contra a Propriedade Imaterial apreendeu mais de mil caixas som via bluetooth pirateadas que estavam sendo comercializadas em lojas da Rua Tobias Barreto, no Centro do Recife. A operação de combate à pirataria foi realizada na manhã desta sexta-feira (14/07), após denúncia feita pela empresa JBL, com sede em Nova Santa Rita (RS), fabricante dos produtos.

Todas as mercadorias falsificadas foram recolhidas e serão submetidas as perícia, de acordo com a delegada de Crimes contra a Propriedade Imaterial, Wedja Andrade. Ela fez as buscas nas lojas JL Variedades (onde estava a maior parte das caixas de bluetooth adquiridas por pirataria), Alcicell e Telemídia.



PUNIÇÃO

O proprietário da JL Variedades, Jiale Wei, 44 anos, disse que não sabia que não podia vender produtos falsificados. Os comerciantes serão investigados por crime contra consumo e crime contra a propriedade imaterial. A pena prevista é de sete anos de reclusão.


Recomendados para você


Comentários

Por John,14/07/2017

Putz, vi baratinho e não comprei. Que droga.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM