Jornal do Commercio
OBJETOS RECUPERADOS

Objetos roubados de igreja em Santa Cruz do Capibaribe são recuperados

Com a ajuda do circuito das câmeras de segurança da igreja, a Polícia conseguiu identificar a suspeita de cometer o furto e recuperar os objetos

Publicado em 06/12/2017, às 14h37

A mulher entra na igreja e sai levando os objetos roubados em sacolas / Foto: Reprodução/Circuito
A mulher entra na igreja e sai levando os objetos roubados em sacolas
Foto: Reprodução/Circuito
JC Online

Os objetos roubados da Igreja de Nossa Senhora Aparecida, que fica no bairro de Nova Santa Cruz, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste Pernambucano, foram recuperados ainda na noite dessa terça-feira (5). O crime aconteceu pela manhã, quando uma travesti entrou na igreja e furtou os objetos.



A igreja, que ficava aberta para orações durante o dia, estava vazia no momento do roubo. A Polícia recebeu a denúncia no início da noite e, com a ajuda de imagens das câmeras de segurança, reconheceu a suspeita. Os objetos foram encontrados na casa da mulher, que não teve sua identidade revelada. No local foram encontrados três castiçais, uma coroa de metal, um crucifixo, duas toalhas de altar e uma imagem de Nossa Senhora. Também foram recuperados um manustérgio e um purificatório.

Diante das evidências, a suspeita foi autuada por furto e encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Santa Cruz do Capibaribe.

Veja o vídeo do momento do roubo:


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM