Jornal do Commercio
POLICIA

Polícia Civil prende suspeitos de furtos a ônibus no Centro do Recife

Suspeitos, com ocorrências criminosas desde 1993, foram autuados por furto duplamente qualificado e corrupção ativa por tentativa de suborno

Publicado em 07/12/2017, às 12h23

'Operação Cerne', coordenada pela SDS, é responsável por intensificar segurança nos bairros de São José, Santo Antônio, Boa Vista e Soledade / Foto: Divulgação/Polícia Civil
'Operação Cerne', coordenada pela SDS, é responsável por intensificar segurança nos bairros de São José, Santo Antônio, Boa Vista e Soledade
Foto: Divulgação/Polícia Civil
JC Online

Dois homens suspeitos de praticar furtos no Centro do Recife foram presos pela Polícia Civil nessa quarta-feira (6). Os envolvidos agiam juntos, se misturando à população e tumultuando as entradas dos ônibus nas paradas. O primeiro suspeito, de idade mais avançada, entrava antes de todo mundo com compras na mão para não levantar suspeitas, aproveitando para causar tumulto na escada de entrada do veículo e, assim, o segundo suspeito se aproveitar para furtar as vítimas que estavam descuidadas.

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta (7), o delegado Manuel Martins, da Seccional de Apipucos, relatou que a dupla já age há bastante tempo, tendo ocorrências desde 1993, um atuando em cidades do interior, como Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe, e o outro no Recife. Os alvos dos suspeitos eram pessoas que demonstravam maior vulnerabilidade, de preferência mulheres idosas que colocavam suas bolsas em posição que facilitaria a ação. Durante a abordagem policial, os envolvidos ofereceram uma quantia de mil reais para que os agentes facilitassem a soltura deles. Assim, também sendo indiciados por corrupção ativa.

Foram apreendidos vários aparelhos celulares e diversas carteiras cheias de dinheiro. Moedas estrangeiras, também encontradas em posse dos suspeitos, levaram a crer que turistas que chegavam no estado também eram alvos. Além dos bens roubados, um alicate, usado para cortar as bolsas das vítimas, também foi apreendido.



Desenrolar do caso

A dupla foi apresentada à audiência de Custódia, onde foram autuados pelo juiz por furto duplamente qualificado e pelo crime de corrupção ativa. Foram encaminhados ao Cotel, onde serão submetidos à justiça pública.

Operação Cerne

"A Secretaria de Defesa Social, através da Operação Cerne, trouxe a preocupação para as polícias, evitando ao máximo possível a criminalidade que ocorre no centro da cidade, dando uma sensação de segurança e protegendo a sociedade", menciona Manuel Martins. O delegado também alega a importância da sociedade de proteger seu patrimônio para contribuir com o trabalho da polícia.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM