Jornal do Commercio
Sertão

Suspeitos de roubo a bancos e carros-fortes são alvos de operação da Polícia

Quadrilha teria atuação no Sertão. Além de roubo a banco, alvos da operação são suspeitos de tráfico e homicídio

Publicado em 13/03/2018, às 09h04

Polícia Civil deflagrou operação contra suspeitos de roubo a banco / Foto: Reprodução
Polícia Civil deflagrou operação contra suspeitos de roubo a banco
Foto: Reprodução
JC Online

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou uma operação na manhã desta terça-feira (13), e prendeu suspeitos de integrar uma organização criminosa com atuação em assaltos a bancos, explosão de caixas eletrônicos e carros-fortes. De acordo com a polícia, a quadrilha atuava no Agreste e Sertão pernambucano e nos estados da Bahia, Alagoas, Paraíba e Ceará. Pelo menos 30 pessoas foram presas.

Ainda segundo a polícia, as investigações da Operação Fulni-ô começaram em dezembro de 2016, depois da explosão de um caixa eletrônico no município de Águas Belas, no Agreste, onde fizeram reféns. A Justiça 43 mandados de prisão e 28 mandados de busca e apreensão.

Foram apreendidos vários revólveres, pistolas .40 (arma de uso restrito das Forças Armadas), fuzis, espingardas calibre 12, e munições de variados calibres. Os mandados foram cumpridos nas cidades de Floresta, Serra Talhada, Salgueiro, Cabrobó, Petrolina e Trindade, ambas no Sertão. Além de Garanhuns e Bom Conselho, no Agreste do Estado. Os alvos da operação também são suspeitos de envolvimento com crimes de tráfico de entorpecentes e roubo de veículos.



O Delegado Nehemias Falcão, sub-chefe da Polícia Civil de Pernambuco, disse, em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (13), a atuação do grupo aconteceu em agências bancárias das cidades de Águas Belas, Buíque, Terra Nova, Ipubi, Carnaíba, Tacaratu e Verdejante, em Pernambuco, e Missão Velha, no Ceará. Os carros-fortes foram alvos nos municípios de Cabrobó, Triunfo, Verdejante, Salgueiro, Serrita, em PE, e Juazeiro, na Bahia. 

Operação

A operação foi coordenada pelo Delegado Bruno Vital e supervisionada pela Chefia da Polícia Civil. Ao menos 112 policiais civis e equipes do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi) da Polícia Militar (PM) deram apoio à operação.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM