Jornal do Commercio
VIOLÊNCIA

Catador de recicláveis é morto a tiros em Camaragibe

Seis suspeitos, se dizendo policiais, atraíram a vítima para fora de casa e o mataram a poucos metros

Publicado em 14/03/2018, às 02h55

Seis homens, se dizendo policiais, levaram a vítima de casa e a mataram a tiros / Foto: Edson Araújo / TV Jornal
Seis homens, se dizendo policiais, levaram a vítima de casa e a mataram a tiros
Foto: Edson Araújo / TV Jornal
JC Online
Com informações da TV Jornal

Um homem foi assassinado na noite dessa terça-feira (13) na Rua do Hospício, Alto do Céu Azul, em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife. Policiais do 20º Batalhão de Polícia Militar estiveram no local isolando a área. O catador de recicláveis Edson Santos da Silva, de 22 anos, foi morto com vários tiros após ser atraído para fora de casa por seis suspeitos se dizendo policiais.

Uma irmã da vítima, que não quis se identificar, informou que os seis homens chegaram na porta porta da residência de Edson em um veículo do modelo Ônix. Eles se identificaram como policiais apresentando armas e até distintivos. Os suspeitos questionaram a vítima sobre drogas. Edson era usuário e tinha passagem pela polícia por tráfico.



Homens levaram Edson de casa para matá-lo a poucos metros depois

Os suspeitos não encontraram os entorpecentes e levaram Edson no carro. Os familiares da vítima perguntaram para onde ele estava sendo levado. Os homens disseram que iam encaminhar Edson para a delegacia. Momentos depois, os familiares ouviram os tiros e correram. Encontraram Edson alvejado com vários tiros e morto a poucos metros de casa. Os suspeitos, ainda não identificados, fugiram. O caso está sob investigação.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM