Jornal do Commercio
HABEAS CORPUS

Caso Aldeia: viúva e filho podem receber liberdade nesta quinta-feira

O advogado de defesa fica no aguardo da decisão da câmara criminal, que pode ser emitida a qualquer momento, com a liminar de soltura

Publicado em 11/07/2018, às 16h43

A decisão será julgada por desembargadores do Tribunal de Justiça de Pernambuco / Foto: Renato Spencer/Acervo JC Imagem
A decisão será julgada por desembargadores do Tribunal de Justiça de Pernambuco
Foto: Renato Spencer/Acervo JC Imagem
JC Online

Uma liminar de soltura pode ser emitida entre esta quarta (11) e quinta-feira (12) em favor da farmacêutica Jussara Rodrigues Silva Paes, 54 anos, e o engenheiro civil Danilo Rodrigues Paes, 23. Os dois estão presos desde o dia 5 deste mês de junho na Colônia Feminina do Recife e no Centro de Observação de Abreu e Lima (Cotel). A dupla é suspeita de matar e ocultar o corpo do médico Denirson Paes da Silva, 54 anos, esposo e pai dos suspeitos, respectivamente.

A previsão para a soltura de mãe e filho foi feita pelo advogado de defesa Alexandre Oliveira, nesta quarta-feira (11), após entregar um pedido de habeas corpus. De acordo com a solicitação enviada a uma Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Pernambuco, “faltam elementos que demonstrem estarem presentes os requisitos da prisão temporária.” O documento será julgado por três desembargadores. Após um consenso, um desembargador relator dará a decisão contra ou a favor da liberação temporária dos suspeitos.



Nos autos do processo consta uma sugestão do advogado, que redigiu ao desembargador a opção de colocá-los em prisão domiciliar, com o uso da tornozeleira eletrônica. Confiante, o advogado relata que seus clientes possuem uma outra casa, também em Aldeia, e lá podem ficar até que seja emitida outra decisão judicial. Esta outra residência da família fica localizada no Privê Village Residence, no quilômetro 7 de Aldeia, em Camaragibe, há cinco quilômetros de distância da casa onde o corpo do médico Denirson Paes foi encontrado esquartejado, no dia 4 de junho.

Aguardam a decisão em celas privilegiadas 

Enquanto isso, Jussara aguarda a decisão na Colônia Penal Feminina do Recife, e Danilo no Centro de Triagem de Abreu e Lima (Cotel). Eles estão em celas privilegiadas por terem diploma de ensino superior. Na cela em que o engenheiro civil está tem, além de televisão e colchões mais confortáveis do que em outras celas, há jogos de totó e sinuca para distrair os presos. A Secretaria de Ressocialização do Estado nega que na nova cela tenha jogos e confirmou apenas a existência de um TV para uso geral.


Recomendados para você


Comentários

Por Junior,12/07/2018

Para quem ainda não entendeu, essas pessoas ainda não foram julgadas e por isso não podem ser consideradas culpadas, nem podem ser mantidas presas indefinidamente, mesmo que suspeitas de homicídio. Elas foram presas apenas para os fins da investigação. Quem fica preso é quem já foi julgado e considerado CULPADO após julgamento em duas instâncias, ou seja, após ser julgado por um Juiz e depois por um Tribunal. É o caso de Lula, que é mantido preso por estar cumprindo pena, pois já foi julgado e foi considerado culpado por um Juiz, depois por um Tribunal Federal e ainda teve seus recursos e Habeas Corpus negados pelo STJ e pelo STF. É por isso que suspeitos de homicídios poderão ser soltos (até que sejam julgados e considerados culpados) e que Lula deve permanecer preso, pois já foi julgado e considerado culpado. A lei é igual para todos e deve ser cumprida.

Por Júnior,12/07/2018

Para quem ainda não entendeu, essas pessoas ainda não foram julgadas e por isso não podem ser consideradas culpadas, nem podem ser mantidas presas indefinidamente, mesmo que suspeitas de homicídio. Elas foram presas apenas para os fins da investigação. Quem fica preso é quem já foi julgado e considerado CULPADO após julgamento em duas instâncias, ou seja, após ser julgado por um Juiz e depois por um Tribunal. É o caso de Lula, que é mantido preso por estar cumprindo pena, pois já foi julgado e foi considerado culpado por um Juiz, depois por um Tribunal Federal e ainda teve seus recursos e Habeas Corpus negados pelo STJ e pelo STF. É por isso que suspeitos de homicídios poderão ser soltos (até que sejam julgados e considerados culpados) e que Lula deve permanecer preso, pois já foi julgado e considerado culpado. A lei é igual para todos e deve ser cumprida.

Por Júnior,12/07/2018

Para quem ainda não entendeu, essas pessoas ainda não foram julgadas e por isso não podem ser consideradas culpadas, nem podem ser mantidas presas indefinidamente, mesmo que suspeitas de homicídio. Elas foram presas apenas para os fins da investigação. Quem fica preso é quem já foi julgado e considerado CULPADO após julgamento em duas instâncias, ou seja, após ser julgado por um Juiz e depois por um Tribunal. É o caso de Lula, que é mantido preso por estar cumprindo pena, pois já foi julgado e foi considerado culpado por um Juiz, depois por um Tribunal Federal e ainda teve seus recursos e Habeas Corpus negados pelo STJ e pelo STF. É por isso que suspeitos de homicídios poderão ser soltos (até que sejam julgados e considerados culpados) e que Lula deve permanecer preso, pois já foi julgado e considerado culpado. A lei é igual para todos e deve ser cumprida.

Por candido,11/07/2018

QUE VERGONHA É A NOSSA JUSTIÇA, O FILHO JUNTO COM A MÃE MATÃO ESQUARTEJA QUEIMA ENTERRA OS PEDAÇO DO CORPO CRIME BÁRBARO BERRANTE COM UMA SIMPLES LIMINAR OS CRIMINOSO VAI PRA RUA, QUAL CRIME TÃO GRAVE MAS QUE ESSE QUE LULA COMETEU PRA CONTINUAR NA CADEIA, NO BRASIL NÃO TEM JUSTIÇA O MAIOR CRIME NO BRASIL É O CRIME POLITICO DAR PRA ENTENDER ISSO, SE LULA TIVESSE COMETIDO O CRIME QUE EU RELATEI EM CIMA JÁ ESTAVA SOLTO A VIDA NO BRASIL NÃO VALE NADA MESMO.

Por Luiz Félix de Freitas Silva,11/07/2018

Lyra. Concordo com você plenamente. O juiz que autorizar a soltura dessas bestas humanas deveria ser preso. Advogado, qualquer um, tudo é igual. O cliente teve dinheiro ele aceita. Pode ser até para defender Satanás. Esses dois bostas humanas são culpados até nos infernos. O problema é que uma justiça vagabunda, leis obsoletas são plenos benfeitores para os criminosos. Mas, Deus tudo vê e essas bactérias nocivas, escórias satanizadas vão pagar pagar bem caro pela morte do médico, Dr. Denirson. Haja revolta!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM