Jornal do Commercio
CRIMES

Três mortos em chacina na cidade de Surubim

Segundo investigações, uma das vítimas estaria envolvida com a morte de um policial, e o motivo do crime seria vingança

Publicado em 11/07/2011, às 07h59

Do JC Online
Com informações do NE10

Atualizada às 13h40

Três pessoas foram assassinadas na noite do último domingo (10), no bairro de Chã do Marinheiro, em Surubim, Agreste pernambucano.

Por volta das 20h, desconhecidos chegaram atirando com uma pistola calibre ponto 40 - arma usada pela polícia - e mataram os irmãos Edson Silva de Lima, 24 anos, e Adriano Silva de Lima, 22, além do amigo deles Severino João dos Santos, 42.

De acordo com as as primeiras informações, Severino João dos Santos estaria envolvido na morte de um policial e o motivo do crime seria vingança. Segundo o delegado Paulo Roberto Medeiros, que está à frente das investigações, equipes da polícia já estão realizando as primeiras diligências.

O trabalho está sendo feito em cima de duas outras hipóteses, além do envolvimento de Severino em um homicídio. A primeira seria alguma ligação com um duplo homicídio ocorrido na cidade, na última quinta-feira (7). A outra, seria vingança por algo realizado pelo Severino, que chegou de São Paulo há poucos dias.

Com esses homicídios, sobe para cinco o número de pessoas assassinadas em Surubim nas últimas 72 horas.

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM