Jornal do Commercio
Cidades Cidades

violência // agreste

Policial assassinado a tiros em Belo Jardim

Dois homens em uma motocicleta são os suspeitos do crime

Publicado em 02/03/2012, às 09h15

Do JC Online

Com informações da Rádio Jornal

Um policial militar foi morto a tiros no município de Belo Jardim, Agreste do Estado, na última quinta-feira (1º), enquanto fazia a segurança de uma localidade no bairro de São Pedro.

De acordo com a polícia, dois homens em uma motocicleta são os suspeitos de terem assassinado José Nilson Noronha de Souza, 40 anos. A dupla usava um capuz e já se aproximou no policial efetuando vários disparos. A vítima foi atingida na cabeça e morreu na hora.

A polícia já deu início às investigações, e apesar de não descartarem a hipótese de execução, informaram que ainda é muito cedo para afirmar alguma coisa sobre o crime.

O corpo do policial José Nilson noronha de Souza foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, no Agreste.


Comentários

Por rosa,06/03/2012

E não tem justiça mair dq a de deus poder demora mais não vai falha.

Por silvana,05/03/2012

não importa se foi de carro ou de moto. o que é triste é perder uma pessoa tão maravilhosa com o noranha! mas não existe justiça maior do que a de deus...

Por pedro,04/03/2012

besteira o que importa se foi de carro ,moto ou bicicleta.o cara ta morto e o transporte não vai trazer ele de volta ,acho melhor procurar os mutivos da morte do dedo frocho ,ops falei de mais ,mais e serio , o cara morreu porque mesmo ?

Por Ely,02/03/2012

ridículo o texto dessa notícia. vcs estão postando a coisa toda errada; acomeçar pelo fato de terem sido homens em um carro de cor preta e não em uma motocicleta. Façam o favor de tirar esse texto.

Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Últimas notícias

Anteriores
Próximos

Fotos do dia

Chegada do réu Waldir Pessoa ao Fórum Rodolfo Aureliano, em Joana Bezerra.
Foto: Sérgio Bernardo/ JC Imagem

> JC Imagem

Chegada do réu Waldir Pessoa ao Fórum Rodolfo Aureliano, em Joana Bezerra. Sala onde acontece o júri popular do caso Tragédia no Arruda cheia de estudantes de DireitoSala onde acontece o júri popular do caso Tragédia no Arruda cheia de estudantes de Direito Adelson José da SIlva, advogado de Everton FilipeRômulo Alencar, advogado de Waldir Pessoa

Ranking do dia

OFERTAS

Especiais JC

Documento Suape: Da euforia à frustração Documento Suape: Da euforia à frustração
Após Petrolão e crise, especial multimídia mostra drama das pessoas e cidades que cresceram no rastro de Suape.
Só sei que foi assim - 60 anos do Auto da Compadecida Só sei que foi assim - 60 anos do Auto da Compadecida
Especial celebra 60 anos do Auto da Compadecida, no dia em que Ariano Suassuna completaria 88 anos.
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM