Jornal do Commercio
cidades cidades
  • Tamanho do texto:
  • A-
  • A+

Polícia Militar

Ciosac desarticula comércio de armas em Águas Belas

Armas de fogo eram confeccionadas e fabricadas em um sítio na área rural do município. Um homem foi preso e todo o material encontrado pela polícia foi apreendido

Publicado em 05/03/2012, às 16h08

Do JC Online

 / foto: divulgação / Polícia Militar

foto: divulgação / Polícia Militar

A Companhia Independente de Operações e Sobrevivência na Área de Caatinga (Ciosac), da Polícia Militar de Pernambuco, realizou, na manhã desse domingo (4), uma operação que desarticulou a fabricação e o comércio ilegais de armas de fogo no Sítio Peba, área rural do município de Águas Belas, no Agreste pernambucano. A polícia prendeu o acusado de comandar o comércio das armas na região, conhecido como "Tonho de Otávio". Todos os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Águas Belas.

Vários materiais para confecção de armas de fogo foram achados, como um ferrolho de espingarda e um cano de bengala de moto para fabricação de espingarda calibre 12. Foram encontradas também oito armas de fogo, sendo uma espingarda calibre 36, com numeração não identificada; dez munições, seis intactas e quatro deflagradas; um revólver calibre 38, com três munições (duas intactas e uma deflagrada); seis espingardas de fabricação caseira. Policiais militares chegaram até o sítio graças a denúncias de populares.

imprima
envie para um amigo
reportar erro

Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Fotos do dia

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

> JC Imagem

Ranking do dia

Especiais JC

A revolução da energia A revolução da energia
Em um momento difícil para a gestão de energia no Brasil, o JC traz um especial, no JC Online e no Jornal do Commercio, mostrando que essa é uma área essencial e em plena revolução
A loucura e suas implicações A loucura e suas implicações
Em 20 anos o tratamento de pessoas com transtornos mentais mudou no Recife. Manicômios fecharam para dar lugar a novos espaços
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM