Jornal do Commercio
Doação

Banco de leite do HAM pode ficar desabastecido por conta dos feriados

A direção do banco de leite do Hospital Agamenon Magalhães teme ficar sem estoque de leite materno devido à baixa nas doações em função dos feriados.

Publicado em 19/04/2017, às 13h14

São bebês de baixo peso que precisam da doação de leite materno para ter uma melhora no quadro clínico / Divulgação / SES
São bebês de baixo peso que precisam da doação de leite materno para ter uma melhora no quadro clínico
Divulgação / SES
JC Online

Preocupada com a redução no fluxo de doação de leite materno devido aos feriados que se aproximam, a direção do banco de leite do Hospital Agamenon Magalhães (HAM), localizado no bairro do Parnamirim, na Zona Norte do Recife, reforça a necessidade do abastecimento contínuo do estoque de leite, utilizado para alimentar bebês internados em UTI, UCI ou alojamento Canguru que precisam desse insumo para ter uma melhora no seu quadro clínico. Atualmente, há apenas 10 litros de leite na unidade, que durariam até a próxima segunda-feira (24), pois a unidade faz uso de 1,5 litro de leite por dia, em média. Com as datas comemorativas da próxima sexta-feira (21) e do dia 1º de maio, o estoque poderá ficar desabastecido.

>>> Cisam faz apelo à população por doações de leite materno
>>> Após perder mulher, porteiro arrecada leite para filha prematura em PE
>>> Pernambuco é primeiro lugar em doação de leite no Norte e Nordeste

De acordo com a coordenadora do banco de leite do HAM, Agnes Freitas, é preciso reforçar com as mães que produzem leite em excesso que a doação é essencial. "Estamos vivenciando um período com três feriados em um curto espaço de tempo, estamos preocupados em ficarmos sem abastecimento para os bebês", afirmou. A recomendação do hospital é de que a mãe use um lenço para proteger a boca e a cabeça, além de higienizar as mãos antes de fazer a retirada do leite. O produto deve ser armazenado em potes de vidro com tampa de plástico, como os de maionese ou café, e, para higienizá-los, deve-se fervê-los e retirá-los da água após cerca de 15 a 20 minutos. O HAM ainda lembra que o papel que vem na parte interna da tampa precisa ser retirado antes de todo o processo.



As mães interessadas em ajudar podem entrar em contato com o HAM para fazer o agendamento da doação e ter toda a orientação sobre o processo e os cuidados de higiene, desde que estas produzam leite em excesso e residam na Região Metropolitana do Recife. Uma equipe da unidade vai até a casa da doadora levar os potes para coleta, se necessário, e, depois, para buscar o alimento. Para efetivar esse ato, basta ligar para o número (81) 3184.1690.

Onde doar

Confira abaixo a lista das unidades de saúde que possuem bancos leite:

- Hospital das Clínicas (2126.3831)
- Centro Integrado de Saúde Amauri de Medeiros (Cisam – 3182.7720)
- Maternidade Bandeira Filho (3355.2235)
- Hospital D’Ávila (3117.5548)
- Maternidade Arnaldo Marques (3355.1815)
- Maternidade Barros Lima (3355.2170)
- Uniame (3302.6261)
- Hospital Memorial Guararapes (3461.5300)
- Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (Imip – 2122.4719 / 4103)
- Hospital Barão de Lucena (81 3184.6552)
- Hospital Jesus Nazareno (Caruaru - 3719.9338)
- Hospital Dom Malan (Petrolina – 87 3202.7000)


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM