Jornal do Commercio
RISCO À SAÚDE

Anvisa determina apreensão de lote falsificado de Botox

A empresa detentora do registro do Botox identificiou a falsificação por apresentar características diferentes das registradas na Anvisa

Publicado em 17/01/2018, às 11h50

O Botox é um medicamento injetável e só pode ser prescrito por profissionais médicos / Foto: Reprodução
O Botox é um medicamento injetável e só pode ser prescrito por profissionais médicos
Foto: Reprodução
ABr

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada nesta quarta-feira (17) no Diário Oficial da União determina a proibição da distribuição, do comércio e do uso, bem como a apreensão e a inutilização do lote C3239C3 do medicamento Botox 100 U (toxina botulínica), pó liofilizado.

De acordo com a publicação, a empresa Allergan Produtos Farmacêuticos Ltda., detentora do registro do medicamento, identificou a falsificação do lote por apresentar características divergentes daquelas registradas na Anvisa.



“O produto é falso e não foi fabricado pela verdadeira produtora do Botox”, informou a agência, por meio de nota. “Como se trata de uma falsificação, não há qualquer garantia sobre a origem e composição do medicamento, o que pode trazer riscos à saúde dos usuários. A toxina botulínica é um medicamento injetável e só pode ser prescrito por profissionais médicos ou odontólogos”.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM