Jornal do Commercio
Maratona

14ª Mostra Brasileira de Dança divulga programação

Espetáculos ocuparão os teatros Santa Isabel, Luiz Mendonça, Arraial e Apolo

Publicado em 17/07/2017, às 12h00

Lub Dub Balé, do Balé Teatro Castro Alves (BA) / Divulgação
Lub Dub Balé, do Balé Teatro Castro Alves (BA)
Divulgação
JC Online

A 14ª Mostra Brasileira de Dança ocupará teatros do Recife com espetáculos locais e de fora do estado. O evento, que ocorrerá de 3 a 12 de agosto, terá ações nos teatros Santa Isabel, Arraial, Apolo, Luiz Mendonça, além do Centro Cultural Correios.

Entre os destaques do evento está a apresentação do Balé do Teatro Castro Alves, da Bahia, com o espetáculo Lub Dub Balé. Companhias locais, como Acupe Grupo de Dança e Cia Dielson Pessoa também exibirão seus trabalhos. 



No Centro Cultural Correios, reaberto no início do ano, ocorrerá a exposição O Corpo Fala, de Sérgio Pires, além de performances.

Para maiores informações sobre a mostra e a compra de ingressos, basta acessar o site do evento.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO:

03/08 (Quinta)

Centro Cultural Correios

19h - Abertura da exposição O Corpo Fala, de Ségio Pires (PE) e Performance e videodança "Dança Macabra", da Cia ETC (PE)

 

04/08 (Sexta)

Centro Cultural Correios

19h - Performance Entorpecer, de Aneska Franca e Darilsson Cassiano (PE)

05/08 (Sábado)

Teatro de Santa Isabel

19h - Lançamento do livro Sobre as pontas dos pés, de Juliana Siqueira

20h - Lub Dub Balé, do Balé Teatro Castro Alves (BA)

 

06/08 (Domingo)

Teatro de Santa Isabel

20h - Lub Dub Balé, do Balé Teatro Castro Alves (BA)

Teatro Arraial

19h Ecos, de Luciana Freire D'anunciação (PE)

 

07/08 (Segunda)

Centro Cultural Correios

16h às 19h - Escuta da Dança - Debate para atualização do edital do Funcultura na área de dança

19h - Performance Versus, do Grupo Animatroonicz (PE)

 

08/08 (Terça)

Teatro Hermilo Borba Filho

19h - Cinzas ao Solo, de Alexandre Américo (RN)

Teatro Apolo

20h - Zoe (PE)

 

09/08 (Quarta)

Teatro de Santa Isabel

20h - Majhô Majhobê Olubajé, da Cia Pé-Nambuco de Dança (PE)

Teatro Hermilo Borba Filho

18h30 - Enchente, de Flávia Pinheiro (PE)

10/08 (Quinta)

Teatro Apolo

19h - Tijolos do Esquecimento, do Acupe Grupo de Dança (PE)

11/08 (Sexta)

Teatro Luiz Mendonça

20h - Mostra Grupos em Formação

12/08 (Sábado)

Teatro de Santa Isabel

20h - O Silêncio e o Caos, da Cia Dielson Pessoa (PE)


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM