Jornal do Commercio
VÁRZEA

Instituto Ricardo Brennand promove edição do projeto Peça a peça

O centro cultural funciona neste sábado (30/3) em horário normal

Publicado em 30/03/2013, às 06h00

 / Joacy Ferreira/Divulgação

Joacy Ferreira/Divulgação

Do JC Online

As Cruzadas são o tema da 70ª edição do Peça a peça, projeto realizado pelo Instituto Ricardo Brennand (IRB) no qual os visitantes escolhem uma obra do acervo para ser analisada em algumas ações culturais. Três obras estão entre as mais votadas pelo público: O valente (de Sylvain Kinsburger), Jovem cavaleiro (de Emmanuel Hannauxm) - ambas expostas no Castelo São João - e Cruzados (de Noel Coulon) - mostrada na pinacoteca.

O resultado da votação é divulgado neste sábado (30/3). A atividade começa às 15h30, quando o historiador André Hélio fala sobre o mote do encontro. A partir das 16h, a educadora Clarissa Clementino ministra uma oficina gratuita, na qual os participantes fazem trabalhos com garrafas PET inspirados nos vitrais.

A programação termina no foyer da pinacoteca, às 17h, com a leitura dramatizada de parte de um poema do século XII, a Canção de Roland, de autoria desconhecida.

Serviços

70º Projeto Peça a Peça: Sábado (30/3), a partir das 15h30, no Instituto Ricardo Brennand. Funcionamento: De terça-feira a domingo, das 13h às 17h.Ingresso: R$ 15 (inteira) e R$ 5 (meia), crianças até sete anos não pagam. Engenho São João, s/nº, na Várzea (Alameda Antônio Brennand). Informações: 2121-0365




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM