Jornal do Commercio
ÍTALO-ARGENTINO

Quadro de Lucio Fontana avaliado em € 1,5 milhão é esquecido em táxi

O marchand encontraria um colecionador no centro da capital francesa

Publicado em 02/05/2017, às 15h49

Um marchand apresentou uma denúncia por roubo depois de esquecer um quadro avaliado em 1,5 milhão de euros na mala de um táxi em Paris, informou a polícia / AFP/Arquivos / CHRISTOPHE ARCHAMBAULT
Um marchand apresentou uma denúncia por roubo depois de esquecer um quadro avaliado em 1,5 milhão de euros na mala de um táxi em Paris, informou a polícia
AFP/Arquivos / CHRISTOPHE ARCHAMBAULT
AFP

Um marchand apresentou uma denúncia por roubo depois de esquecer um quadro avaliado em 1,5 milhão de euros na mala de um táxi em Paris, informou a polícia.

"Ele deveria encontrar um colecionador no centro da capital francesa na quinta-feira passada", disse uma fonte policial.

"Pegou um táxi, colocou a obra na mala e depois 'esqueceu'. O marchand não conseguiu localizar o veículo e apresentou uma denúncia por roubo no sábado (29/4), de acordo com a mesma fonte.



Pintura

O quadro é uma pintura do ítalo-argentino Lucio Fontana, da série Concetto spaziale, composta por obras monocromáticas com cortes verticais. A obra está avaliada em 1,5 milhão de euros, confirmou a fonte policial.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM