Jornal do Commercio
Férias

Arte para crianças será ensinada por profissionais da pintura

A escolinha de arte fica no Shopping Recife e permanecerá aberta durante todo mês de julho

Publicado em 03/07/2017, às 20h52

Os pais podem acompanhar os filhos nas atividades artísticas. / Divulgação
Os pais podem acompanhar os filhos nas atividades artísticas.
Divulgação
JC Online

A pintura como fonte de lazer e educação – esse é o norte da Escola de Artes, novo espaço do gênero no Recife. O pai da ideia, o artista plástico Waldir Aracaty, convidou colegas bem atuantes no ofício para ministrarem as aulas: Badida, Fábio Rafael, Emerson Pontes e Abraão Figueiredo. O público-alvo são as crianças a partir de cinco anos, mas não há limite para a idade máxima; os pais, inclusive, podem acompanhar e participar do momento criativo. Com duração de 1 hora, as oficinas comportam até 20 alunos e os trabalhos executados são levados para casa.

A mistura de cores, numa abordagem rápida, teórica e prática, dá início à brincadeira-trabalho. Também são colocados objetos para serem reproduzidos em desenhos e pinturas. O material está incluso no preço (R$ 35,00): quatro folhas de papel 180mg tamanho A3, pote com água, dois pincéis, paleta com tinta lavável nas cores preta, vermelha, azul, amarela e branca; lápis 6B, uma borracha e um apontador. Bisnagas com tinta estarão disponíveis para reposição.



BADIDA É CONVIDADA

Nesta terça-feira, 4/7,  Badida, um dos nomes mais fortes das artes plásticas na região, estará no comando das oficinas na parte da tarde.  

Funciona de segunda a sábado das 10h às 20h e aos domingos das 14h às 20h. A Escola de Arte ficará no Shopping Recife, no piso térreo, ao lado do Bompreço, até 31 de julho. Reservas e informações pelo telefone 99816.0478.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM