Jornal do Commercio
MUSEU

Louvre de Abu Dhabi abrirá as portas em novembro

O acordo tem vigência de 30 anos e estipula que a França vai prestar assessoria

Publicado em 06/09/2017, às 16h39

O projeto surgiu após um acordo entre os governos assinado em março de 2007 / Foto: AFP
O projeto surgiu após um acordo entre os governos assinado em março de 2007
Foto: AFP
AFP

O Louvre de Abu Dhabi abrirá as portas ao público em 11 de novembro, pouco mais de 10 anos após o lançamento do projeto, anunciou nesta quarta-feira a ministra da Cultura francesa, Francoise Nyssen. "A França está orgulhosa de contribuir a este museu com os Emirados Árabes Unidos", disse a ministra em Abu Dhabi.

Nyssen destacou que o museu é uma "resposta conjunta" de Paris e Abu Dhabi em um momento no qual "a cultura está sob ataque". O Louvre de Abu Dhabi é a primeira filial do famoso museu, que abriga a maior coleção de arte do mundo e tem o objetivo de promover a imagem da França.



Objetivo

O museu deseja atrair visitantes dos países árabes vizinhos e do restante do mundo, segundo o ministro da Cultura dos EAU, Sheikh Nahyan bin Mubarak al-Nahyan. O projeto surgiu após um acordo entre os governos assinado em março de 2007 entre Paris e Abu Dhabi.

O acordo tem vigência de 30 anos e estipula que a França vai prestar assessoria, emprestará obras e organizará exposições temporárias em troca de um bilhão de euros. Do total, 400 milhões correspondem ao pagamento pelo direito de usar o nome Louvre.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM