Jornal do Commercio
PERSPECTIVA

Alejandro Iñárritu chega ao México com obra sobre migração

''Diante da retórica racista e da ignorância, somente a partir desta plataforma é que eu posso falar'', disse o diretor de cinema

Publicado em 13/09/2017, às 09h37

Instalação 'Carne y arena' mostra a vivência dos migrantes mexicanos e centro-americanos que querem chegar aos Estados Unidos / Foto: Reprodução
Instalação 'Carne y arena' mostra a vivência dos migrantes mexicanos e centro-americanos que querem chegar aos Estados Unidos
Foto: Reprodução
Da AFP

O diretor mexicano Alejandro González Iñárritu apresentou nesta terça-feira no México, país onde nasceu, uma instalação de realidade virtual com a qual busca explorar a condição humana em meio a uma crise migratória mundial.

"Diante da retórica racista e da ignorância, somente a partir desta plataforma de histórias, humanismo e tecnologia é que eu posso falar", expressou o vencedor de quatro prêmios Oscar durante a apresentação da instalação, que abrirá suas portas na Cidade do México em 18 de setembro.

Carne y arena, que inclui um curta de mesmo nome que foi exibido em Cannes neste ano, mostra a vivência dos migrantes mexicanos e centro-americanos que querem chegar aos Estados Unidos.

A instalação, apresentada no Centro Cultural Universitário Tlatelolco, contou com a fotografia do também vencedor do Oscar Emmanuel "El Chivo" Lubezki, e é inspirada em histórias reais de migrantes.



DONALD TRUMP

Iñárritu, de 54 anos, e que mora em Los Angeles há 16, também lamentou a decisão do presidente americano, Donald Trump, de revogar o programa Daca, que protege da deportação jovens em situação ilegal que chegaram aos Estados Unidos quando crianças.

Disse que irá reunir fundos para levar a instalação a Washington, "onde durante os próximos meses serão tomadas as decisões mais importantes para estes 800.000 jovens", conhecidos como "dreamers".

"Acredito que os dois países (México e Estados Unidos) têm déficits enormes com essas comunidades que beneficiaram economicamente o nosso país, que beneficiaram economicamente, e culturalmente, o país vizinho, e realmente nunca houve uma mão compatriota de poder definir a sua realidade", concluiu.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM