Jornal do Commercio
SANTANDER CULTURAL

MinC se pronuncia sobre fechamento da exposição 'Queermuseu' no RS

Em nota, Ministério da Cultura diz que não cabe ao órgão 'avaliar o conteúdo dos projetos da Lei Rouanet'

Publicado em 13/09/2017, às 11h29

Exposição Queer Museu no Santander Cultural em Porto Alegre (RS) gerou protestos / Foto: Agência Estado
Exposição Queer Museu no Santander Cultural em Porto Alegre (RS) gerou protestos
Foto: Agência Estado
JC Online

O Ministério da Cultura se manifestou sobre o encerramento da exposição Queermuseu: Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, acusada de fazer apologia à zoofilia e pedofilia e blasfêmia de símbolos religiosos.

"Não cabe legalmente ao Ministério da Cultura (MinC) avaliar o conteúdo dos projetos que buscam a chancela da Lei Rouanet. Haveria um forte risco de dirigismo cultural. Os proponentes são responsáveis pelo conteúdo dos projetos. Espera-se que cumpram as leis do País. Ao MinC, cabe fazer a análise técnica das propostas", diz a nota publicada pelo Ministério.



Prestação de contas

O Ministério da Cultura afirmou também que já solicitou "à empresa Rainmaker Projetos e Produções (CNPJ 03.910.474/0001-69), que envie uma prestação de contas parcial, para que seja avaliada a extensão dos impactos gerados pelo cancelamento da mostra nos objetivos propostos". A nota, informada pela assessoria do MinC, acrescenta que "diante da análise, será avaliado se há necessidade de compensação e a forma como será feita".


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM