Jornal do Commercio
Arte pública

Vacas da Cow Parade vão a leilão no Recife

Com renda beneficente, evento acontece próximo dia 11 de dezembro

Publicado em 07/12/2017, às 17h26

O artista plástico Roberto Ploeg assina uma das vacas / Divulgação
O artista plástico Roberto Ploeg assina uma das vacas
Divulgação
JC Online

Por mais de um mês, elas marcaram a paisagem urbana do Recife e arredores. Agora, as mais de 50 vacas pintadas da primeira Cow Parade no Recife, além de terem inserido a cidade no calendário de uma das maiores, e certamente a mais popular, exposição de arte pública do mundo, vão a leilão. Com lance mínimo de R$ 6 mil por peça, o evento acontece no próximo dia 11 de dezembro, na Blue Angel do Benfica.

Até lá, as vacas podem ser observadas, todas juntas, como numa grande coletiva, no Pátio de Exposições do Shopping Center Recife, em Boa Viagem. "Essa edição superou as expectativas, tivemos uma recptividade muito grade da população", diz a francesa Chaterine Duvignau, curadora e organizadora da exposição no Brasil. "A qualidade criativa dos artistas do Recife também nos surpreendeu. Um altíssimo nível", diz ela.



LANCE ABERTO

Toda a renda com o leilão será revertida para três entidades de assistência social do Recife. Os interessados, contudo, não precisam esperar o dia do leilão presencial. Os lances já podem começar a ser dados através do site oficial.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM