Jornal do Commercio
Saudável

Chef ensina a fazer biomassa para preparar patês e brigadeiros

A biomassa é feita antes do amadurecimento da fruta, rica em fibras e nutrientes, aumentando seu poder de saciar

Publicado em 08/03/2017, às 20h33

Maia Deva é pesquisadora em alimentação consciente para uma vida mais saudável / Máquina3/Divulgação
Maia Deva é pesquisadora em alimentação consciente para uma vida mais saudável
Máquina3/Divulgação
JC Online

A chef Maia Deva, que também é uma pesquisadora em alimentação consciente, realiza no dia 2 de abril uma oficina de alimentação saudável na qual ela vai explorar a versatilidade da biomassa no uso da culinária do dia a dia. Deva explica que a biomassa de banana verde é considerada um alimento funcional por conta dos benefícios nutricionais que oferece, além de ser uma excelente substituta nos preparos que exigem ingredientes mais calóricos e menos benéficos para a saúde, quando se deseja obter determinada consistência.

RECEITAS

 


Todos os preparos demonstrados na oficina de Maia Deva serão feitos com base na filosofia de uma alimentação livre de glúten, lactose, ovos, óleos e açúcares refinados, elementos transgênicos e temperos industrializados.

Para demonstrar o emprego da biomassa na prática, Deva vai orientar no preparo de receitas como patês, brigadeiros, recheios e coberturas para bolos, trufas, molho para estrogonofe e muito mais. O custo da oficina é R$ 50, com turmas no horário das 9 às 12h ou das 14h às 17. Na loja Raiz Forte, à Galeria Joana d’Arc (Av. Herculano Bandeira, 513). Informações: 9-85282149.

 

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM