Jornal do Commercio
Gastronomia

10 de julho é o Dia da Pizza

No Brasil, só hoje, tudo poderá acabar em pizza

Publicado em 10/07/2017, às 08h00

Vai uma pizza hoje? / Foto: Leo Motta/JC Imagem
Vai uma pizza hoje?
Foto: Leo Motta/JC Imagem
JC Online

Neste dia 10 de julho, mais do que nunca, tudo acabará em pizza no Brasil. Iguaria muito apreciada em todas as partes do País, dos extremos Roraima ao Rio Grande do Sul, nesta data, obviamente, o prato se fará presente entre os brasileiros para celebrar sua data. E todos, claro, irão comer muita pizza. Qual o sabor que você vai comer hoje?

Comemorado desde 1985 em São Paulo, por iniciativa do então secretário de Turismo do Estado, Caio Luís de Carvalho, que resolveu eleger as 10 melhores pizzas de mussarela e margherita da capital paulista, o Dia da Pizza, desde então, passou a ser celebrado no Brasil por todos no dia 10 de julho.



 

A origem da pizza

Durante a Roma de César, os nobres comiam o pão de Abraão, uma massa de farinha, água e sal. Posteriormente, a mistura ganhou o nome de piscea, quando um cozinheiro mais curioso resolveu acrescentar ervas e alho à massa. Com o passar dos anos, foram sendo somados outros ingredientes, que hoje são símbolos do prato, como o tradicional molho de tomate. Há quem acredite, no entanto, que a redonda já era consumida muito antes disso, lá com os fenícios, três séculos antes de Cristo.

A pizza no Brasil

Querida entre os brasileiros, a pizza veio parar no País através dos imigrantes italianos. Na década de 1950, o prato era mais facilmente encontrado nas colônias italianas de São Paulo, como no bairro do Brás. Com o passar do tempo, a capital paulista foi abrindo mais 'cantinas' para vender pizza, que ganhava vários tipos de coberturas e recheios.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM