Jornal do Commercio
CINEMA

Enciclopédia conta tudo sobre os palhaços malignos da cultura pop

Um dos autores é o professor e pesquisador pernambucano Filipe Falcão

Publicado em 24/03/2017, às 09h40

O autor Filipe Falcão e sua nova obra / Divulgação
O autor Filipe Falcão e sua nova obra
Divulgação
Ernesto Barros

De personagens cativantes e inofensivos, saídos do universo infantil, os palhaços acabaram ganhando uma face sombria na cultura pop. No ano passado, eles aterrorizam pessoas em várias partes do mundo, até no Brasil. Viraram ameaça.

Mas não foi por causa disso que a turma do site Boca do Inferno, o maior e mais antigo portal brasileiro especializado em filmes de terror, resolveu escrever Medo de Palhaço - A Enciclopédia Definitiva sobre Palhaços Assustadores na Cultura Pop (Editora Generale, 272 páginas, R$ 49,90), que será lançado nesta sexta-feira (24/4), às 19h, na Livraria Cultura do Shopping RioMar.

“Nós recebemos muitos e-mails, de pessoas pedindo para a gente fazer curtas a catálogos de filmes de terror. Numa conversa, alguém falou numa ideia de fazer um livro sobre palhaços no cinema”, explica o professor e pesquisador pernambucano Filipe Falcão, especialista em filmes do gênero.

ESPECIALISTA

Há dois anos lançou, Falcão publicou Fronteiras do Medo – Quando Hollywood Refilma o Horror Asiático, a partir de uma pesquisa de mestrado. No novo livro, que foi organizado por Marcelo Milici, um dos idealizadores do Boca do Inferno, também colaboram Gabriel Paixão, Matheus Ferraz e Rodrigo Ramos – todos redatores do site.



“Demoramos dois anos para escrever o livro. Todo mundo é ocupado e moramos em cidades diferentes. Não temos para tempo dedicar com exclusividade. Durante a pesquisa, incluímos também livros e quadrinhos, além dos filmes. Foi por isso que vimos a lista subir de 40 para 80, depois para 100 títulos”, relembra o professor.

OBRA-PRIMA

Entre os vários filmes protagonizados por palhaços, Filipe tem uma predileção especial por It - Uma Obra-Prima do Medo, baseado no original de Stephen King e dirigido por Tommy Lee Wallace, em 1990. “Para mim, é um divisor de águas, pois inseriu o palhaço (Pennywise) numa galeria de monstros como Freddy Krueger e Michael Myers”, equipa Filipe.

Na caprichada edição, ilustrada por centenas de fotos de cenas e cartazes, o leitor tem acesso a análises de filmes e várias ensaios que contextualizam a presença do palhaço no universo pop. Um dos artigos mais desenvolvidos é Coringa – O Príncipe Palhaço do Crime, com direito a filmografia selecionada das melhores aparições dele no cinema e na TV.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM