Jornal do Commercio
VIAGEM DE CHIHIRO

Hayao Miyazaki deixa aposentadoria e anuncia novo filme

O mestre japonês da animação sairá de sua aposentadoria anunciada em 2013 depois de ter ‘encontrado um tema que vale a pena’

Publicado em 19/05/2017, às 18h34

Hayao Miyazaki vai voltar aos filmes depois de ter encontrado um projeto que vale a pena / AFP
Hayao Miyazaki vai voltar aos filmes depois de ter encontrado um projeto que vale a pena
AFP
JC Online

O mestre japonês do cinema de animação Hayao Miyazaki sairá de sua aposentadoria anunciada em 2013 para fazer um novo filme, anunciou nesta sexta-feira o Studio Ghibli.

"Miyazaki decidiu abrir mão da aposentadoria e fazer um longa-metragem de animação", explica o site da produtora do diretor.
A empresa, da qual ele foi um dos fundadores em 1985, destacou que o cineasta, 76 anos, "encontrou um tema que vale a pena transformar em filme", antes de destacar: "será realmente seu último filme por sua idade".

Hayao Miyazaki anunciou em setembro de 2013 que não voltaria a dirigir filmes de animação para o cinema, mas que não deixaria de trabalhar.

"Vou continuar comparecendo ao estúdio todos os dias. Meu sonho é descansar aos domingos. Me pergunto inclusive se isto será possível", declarou na época à imprensa.



"Serei um homem livre. O que desejar fazer, eu farei", acrescentou.

OSCAR

Hayao Miyazaki recebeu vários prêmios, incluindo o Oscar de filme de animação em 2003 por "A Viagem de Chihiro", que estreou no Japão em 2001 e que também foi o primeiro filme de animação da história a receber o Urso de Ouro no Festival de Berlim.
O japonês também foi premiado com um Leão de Ouro em Veneza em 2005 pelo conjunto de sua carreira e com um Oscar honorário em 2014.

Entre seus filmes mais conhecidos estão "Princesa Mononoke", "Meu Amigo Totoro", "Ponyo: Uma Amizade que veio do Mar" e "Vidas ao Vento", o mais recente, de 2013.

Miyazaki iniciou a carreira de 1963. Seu primeiro longa-metragem, "O Castelo de Cagliostro", é de 1979. Ele se tornou um diretor cult com "Nausicaä do Vale do Vento" (1984), antes de cofundar o Studio Ghibli, o primeiro de animação no Japão.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM