Jornal do Commercio
VIAGEM DE CHIHIRO

Hayao Miyazaki deixa aposentadoria e anuncia novo filme

O mestre japonês da animação sairá de sua aposentadoria anunciada em 2013 depois de ter ‘encontrado um tema que vale a pena’

Publicado em 19/05/2017, às 18h34

Hayao Miyazaki vai voltar aos filmes depois de ter encontrado um projeto que vale a pena / AFP
Hayao Miyazaki vai voltar aos filmes depois de ter encontrado um projeto que vale a pena
AFP
JC Online

O mestre japonês do cinema de animação Hayao Miyazaki sairá de sua aposentadoria anunciada em 2013 para fazer um novo filme, anunciou nesta sexta-feira o Studio Ghibli.

"Miyazaki decidiu abrir mão da aposentadoria e fazer um longa-metragem de animação", explica o site da produtora do diretor.
A empresa, da qual ele foi um dos fundadores em 1985, destacou que o cineasta, 76 anos, "encontrou um tema que vale a pena transformar em filme", antes de destacar: "será realmente seu último filme por sua idade".

Hayao Miyazaki anunciou em setembro de 2013 que não voltaria a dirigir filmes de animação para o cinema, mas que não deixaria de trabalhar.

"Vou continuar comparecendo ao estúdio todos os dias. Meu sonho é descansar aos domingos. Me pergunto inclusive se isto será possível", declarou na época à imprensa.



"Serei um homem livre. O que desejar fazer, eu farei", acrescentou.

OSCAR

Hayao Miyazaki recebeu vários prêmios, incluindo o Oscar de filme de animação em 2003 por "A Viagem de Chihiro", que estreou no Japão em 2001 e que também foi o primeiro filme de animação da história a receber o Urso de Ouro no Festival de Berlim.
O japonês também foi premiado com um Leão de Ouro em Veneza em 2005 pelo conjunto de sua carreira e com um Oscar honorário em 2014.

Entre seus filmes mais conhecidos estão "Princesa Mononoke", "Meu Amigo Totoro", "Ponyo: Uma Amizade que veio do Mar" e "Vidas ao Vento", o mais recente, de 2013.

Miyazaki iniciou a carreira de 1963. Seu primeiro longa-metragem, "O Castelo de Cagliostro", é de 1979. Ele se tornou um diretor cult com "Nausicaä do Vale do Vento" (1984), antes de cofundar o Studio Ghibli, o primeiro de animação no Japão.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM