Jornal do Commercio
DESPEDIDA

Ator Martin Landau falece nos EUA aos 89 anos

Landau ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 1995, por seu retrato da estrela de terror Bela Lugosi

Publicado em 17/07/2017, às 10h54

Ator faleceu por complicações inesperadas durante uma rápida hospitalização  / Foto: Reprodução
Ator faleceu por complicações inesperadas durante uma rápida hospitalização
Foto: Reprodução
Ubiratan Brasil, da Estadão Conteúdo

Martin Landau, estrela da série de televisão da década de 1960 Missão: Impossível, morreu no sábado, 15, aos 89 anos, segundo informou seu agente no domingo, 16. Landau morreu no Centro Médico UCLA, em Los Angeles, de complicações inesperadas durante o que seria uma rápida hospitalização para tratar de uma doença não revelada, disse o publicista Dick Guttman, em comunicado.

Landau ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 1995, por seu retrato da estrela de terror Bela Lugosi no filme Ed Wood, de Tim Burton. Ele havia sido indicado para o Oscar duas vezes antes - primeiro por sua atuação em Tucker - Um Homem e Seu Sonho (1988), de Francis Coppola, e, em seguida, por Crimes e Pecados (1989), de Woody Allen.

O ator também ganhou notoriedade por um papel que não fez - Landau recusou ser o Mr. Spock, o oficial vulcano da nave Enterprise, na famosa série de TV Jornada nas Estrelas. O convite partiu do próprio criador do programa, Gene Rodenberry.

TRAJETÓRIA

Nascido em 20 de junho de 1928, começou a carreira como cartunista e ilustrador do jornal New York Daily News, quando tinha apenas 17 anos. A vontade, na verdade, era a de ser ator, o que conseguiu em 1951, quando estreou em Detective Story.



Decidido a seguir seriamente na profissão, Landau foi estudar e, entre dois mil candidatos a integrar o famoso Actors Studio, em Nova York, apenas ele e Steve McQueen foram aprovados. Não à toa, ambos criaram carreiras semelhantes, baseadas em filmes de ação mas com um a presença mais intensa, decisiva. É o que se observa, por exemplo, no clássico do suspense Intriga Internacional, dirigido por Alfred Hitchcock em 1959. Landau é um dos capangas de James Mason na perseguição travada contra Cary Grant - apesar de poucas cenas, ele impressiona pela intensidade da maldade.

Landau tornou-se famoso ao participar da série de grande sucesso na TV Missão Impossível, o que o aproximou mais das produções para a telinha, afastando-o um pouco do cinema. Nos anos 1980, porém, participaria de uma nova fase, a mais profícua de sua carreira.

Em Tucker - Um Homem e Seu Sonho, dirigido por Francis Ford Coppola em 1988, Landau vive o personagem Abe Karatz, na história do empreendedor americano que, nos anos 1940, tenta criar o carro do futuro e é combatido pela indústria automobilística.

Seu talento revelou-se exuberante, porém, em Crimes e Pecados, de Woody Allen, na qual vive um oftalmologista que precisa matar a amante, e Ed Wood, maravilhosa homenagem de Tim Burton aos filmes B.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM