Jornal do Commercio
Cinema

It - A Coisa: roteirista fala sobre o corte de uma polêmica cena

No livro 'It', de Stephen King, há uma cena de sexo coletivo entre as crianças, mas o roteirista não colocou no filme e explicou seu posicionamento

Publicado em 12/09/2017, às 18h25

It - A coisa (2017) / (Foto: Warner Bros. Entertainment/ Divulgação)
It - A coisa (2017)
(Foto: Warner Bros. Entertainment/ Divulgação)
JC Online

It - A Coisa foi lançado este mês e já é considerado uma das mais amadas adaptações da obra de Stephen King. Baseado no livro homônimo, o longa de Andy Muschietti (Mama) arrebatou de US$ 189 milhões no primeiro fim de semana, além de conquistar o gosto dos críticos - uma junção relativamente rara.

Cena polêmica

Na obra de King, o Clube dos Perdedores sela uma união importantíssima para vencer o Palhaço vilão: um sexo coletivo entre as crianças, onde Beverly, a única menina do grupo, oferece seu corpo para cada um dos garotos. A cena polêmica foi adaptada e passou longe de aparecer no filme.



"Além da cena de Georgie no esgoto, acho que esta é a outra cena da qual todos se lembram e isso é uma pena. É uma cena importante, mas não define o livro de forma alguma e não acho que deveria. Nós entendemos o conceito por trás da cena e entendemos por que King a colocou lá, mas nós tentamos realizar o mesmo objetivo de uma forma diferente", disse Gary Dauberman (Annabelle), um dos co-roteiristas do longa, em entrevista exclusiva à Entertainment Weekly.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM