Jornal do Commercio
NOVELA DAS NOVE

Conheça a história de Velho Chico, a nova novela da Globo

Nova parceria de Benedito Ruy Barbosa e Luiz Fernando Carvalho estreia nesta segunda-feira

Publicado em 14/03/2016, às 13h29

Renato Góes interpreta o personagem Santo em uma das fases da história de Velho Chico / Caiuá Franco/Globo/Divulgação

Renato Góes interpreta o personagem Santo em uma das fases da história de Velho Chico

Caiuá Franco/Globo/Divulgação

Do JC Online

Uma história marcada pela rivalidade entre duas famílias, e pelo clássico conflito na trama representado pelo amor que surge entre dois membros delas, é o eixo da novela Velho Chico (Globo). O novo folhetim das nove, escrito por Benedito Ruy Barbosa e dirigido por Luiz Fernando Carvalho, estreia nesta segunda-feira (14/3). 

Benedito e Luiz Fernando trabalharam juntos em Renascer (1993) e O Rei do Gado (1996).  Há uma expectativa criada em torno da nova parceria deles em relação aos números de audiência, já que os folhetins anteriores da Globo, A Regra do Jogo e Babilônia não alcançaram os resultados esperados neste sentido. 

Ainda é cedo para saber se o público vai gostar da história, claro, mas alguns já cogitam que uma clássica história de amor pode ser algo que, neste momento, agrade ao público do canal neste horário. A volta de Rodrigo Santoro às novelas é um dos pontos que gera expectativa nos telespectadores e, até agora, as pessoas tem elogiado a beleza plástica das cenas e da trilha sonora ao ver as chamadas da novela (por outro lado, no lançamento de Velho Chico, uma declaração do autor Benedito Ruy Barbosa recebeu muitas críticas).

 

 

A trama de Velho Chico começa em 1968 e se passa em Grotas de São Francisco, cidade fictícia localizada em uma região comandada pelo coronel Jacinto (Tarcísio Meira). Ele quer as terras do capitão Ernesto (Rodrigo Lombardi), que tenta mostrar aos outros moradores que Jacinto se aproveita deles para enriquecer. A rivalidade das famílias surge, então, pelo embate dos personagens por suas crenças.

Quando Afrânio morre, começa a segunda parte desta saga. O filho do coronel e de Encarnação (Selma Egrei), Afrânio (Rodrigo Santoro, nesta fase da novela), precisa voltar de Salvador, onde foi estudar e tinha um relacionamento com a cantora Iolanda (Carol Castro), para cuidar da fazenda da família.

Afrânio e Encarnação têm uma relação complicada, pois ela preferia o filho primogênito, que morreu. Afrânio vai se casar com Leonor (Marina Nery), que também terá que enfrentar Encarnação, ainda mais depois que tiver sua primogênita, Maria Tereza (Isabella Aguiar/Julia Dalavia/ Camila Pitanga).

Santo (Rogerinho Costa, Renato Góes e Domingos Montagner) e Maria Tereza se conheceram ainda na infância, quando representaram José e Maria em uma procissão realizada na pequena cidade de Grotas de São Francisco. Com um mergulho nas águas do rio que batiza a cidade, os caminhos destes dois personagens são unidos simbolicamente na história de Velho Chico. Anos depois, Santo e Maria Tereza se apaixonam. Mas a relação deles na novela esbarra na rivalidade que há entre os Sá Ribeiro e os Rosa.

Isso porque, ao fugir da seca, a família de Santo, que é filho de Belmiro (Chico Diaz) e Piedade dos Anjos (Cyria Coentro), foi acolhida pelo capitão Ernesto Rosa (Rodrigo Lombardi) e por Eulália (Fabiula Nascimento) na fazenda Piatã - área que era cobiçada pelo coronel Jacinto Sá Ribeiro (Tarcísio Meira), homem que buscava controlar tudo na região.

O casal ainda terá que lidar com o ciúme de Cícero e Luzia, interpretados pelos atores Pablo Morais e Larissa Góes na fase adulta. Luzia é filha adotiva de Ernesto e Eulália. Cícero foi criado junto com Maria Tereza na fazenda de Grotas e a jovem não sabe que ele se apaixonou por ela. É o rapaz quem contará ao patrão, Afrânio (Rodrigo Santoro/Antonio Fagundes), sobre Maria Tereza e Santo.

 

Velho Chico

 

"O amor de Santo e Tereza dificilmente alguém vai viver. Se a gente quer buscar referência para eles, buscamos em Romeu e Julieta", afirmou o ator recifense Renato Góes durante o lançamento da próxima novela das nove. 

Sobre a dinâmica com Julia Dallavia, ele comenta em texto da Globo: "Entrei no galpão e estava vendo somente a silhueta do par. Quando o pano caiu e ficamos cara a cara, o olho brilhou. Foi um encontro mágico, no primeiro momento já foi maravilhoso".

Velho Chico é o sétimo folhetim global na carreira de Renato Góes. A próxima novela terá outros dois pernambucanos no elenco (segundo informações divulgadas anteriormente, 60% do grupo é de atores nordestinos). Um deles é estreante na teledramaturgia: o músico Maciel Melo. O outro é um ator experiente. Irandhir Santos volta a trabalhar em uma novela dirigida por Luiz Fernando Carvalho após encantar o público com as nuances de Zelão na idílica novela das seis Meu Pedacinho de Chão (2014).

Irandhir vai interpretar o personagem Bento na terceira parte de Velho Chico (nas duas anteriores, o papel fica com os atores Vitor Aleixo e Diyo Coelho). Bento se apaixonará por Beatriz (Dira Paes), professora na escola rural de Grotas de São Francisco. Ele vai disputar a atenção dela com Martim (Davi Caetano/Lee Taylor), filho do coronel Afrânio e de Leonor (Marina Nery). Após viajar o mundo, Martim voltou para a região com a vontade de implantar um projeto sustentável nas terras do avô, junto com o sobrinho e amigo Miguel (Gabriel Leone).

Já Maciel Melo fará parte da dupla de repentistas Zé Teiú e João Piruá, junto com o baiano Xangai. Os dois amigos já fizeram parcerias musicais na vida real.

 

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM