Jornal do Commercio
REPERCUSSÃO

Interpretação de Juliana Paes em 'Dois Irmãos' é elogiada nas redes

Intensa cena da atriz, ao lado de Antonio Calloni, foi ao ar na última terça-feira (10)

Publicado em 11/01/2017, às 11h49

Juliana e Calloni, em cena de 'Dois Irmãos' / Foto: Reprodução/TV Globo
Juliana e Calloni, em cena de 'Dois Irmãos'
Foto: Reprodução/TV Globo
Estadão Conteúdo e JC Online

O segundo capítulo da série Dois Irmãos, da TV Globo, foi marcado pela interpretação de Juliana Paes no papel da libanesa Zana. Muitos internautas elogiaram a atriz nas redes sociais e seu nome foi parar nos tópicos mais comentados do Twitter.

AS CENAS

Isso porque, numa cena, a personagem briga com Halim (Antonio Calloni), chora e aparece parcialmente nua. Em outro momento, Zana também mostrou sofrimento ao ver um de seus filhos partir para o Líbano. O tom dramático da cena e também a beleza da atriz global geraram muitas reações positivas nas redes, inclusive da autora Glória Perez. "Juliana Paes arrasando em Dois Irmãos", escreveu ela em seu perfil no Twitter.

Juliana agradeceu, também usando o microblog. "Estou especialmente emocionda".

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM