Jornal do Commercio
EMOÇÃO

Após 5 anos, Gretchen reencontra filho que vive de faxineiro nos EUA

Gabriel Miranda foi 'tirado' da cantora pelo seu ex-marido, Décio Nascimento, que chegou a ameaçá-la pela guarda da criança

Publicado em 20/03/2017, às 09h19

Gabriel Miranda foi para os Estados Unidos tentar carreira de cantor / Foto: Divulgação
Gabriel Miranda foi para os Estados Unidos tentar carreira de cantor
Foto: Divulgação
JC Online

A cantora e dançarina Gretchen reencontrou o filho Gabriel Miranda, que não via há de cinco anos, em uma pegadinha no programa Hora do Faro, exibido neste domingo (19).

A artista foi convidada pela produção acreditando que iria participar de um novo quadro do programa. Ela entrou em uma cabine escura e tinha de apalpar objetos até chegar na mão de um "artista misterioso", que na verdade era o filho Gabriel, que aproveitou o programa para lançar carreira de cantor.

Gretchen estava com a filha Thammy Miranda e a tia, Sula Miranda, que acompanharam o reencontro e também choraram.

HISTÓRIA

Gabriel Miranda foi morar em Orlando, nos Estados Unidos, em 2012 e desde então não via a mãe. Não saiu de lá por "correr o risco de não poder entrar nos Estados Unidos novamente", explicou. Já Gretchen teve o visto cancelado pelo consulado americano.

Gabriel terminou os estudos nos EUA e está trabalhando como faxineiro em restaurantes. "Vim [para os Estados Unidos] com um sonho de poder investir em outro sonho, que é o de poder cantar", disse ele.

SEPARAÇÃO

Em vídeo publicado em seu canal do YouTube, Gretchen contou que foi obrigada por Décio Nascimento, o pai de Gabriel, a se afastar do filho. A artista decidiu terminar o relacionamento por conta das agressões físicas que sofria do marido.

"Ele arrumou uma maneira de tirar o meu filho. Eu nunca mais vi o meu filho. Ele chegou com uma arma e disse que eu tinha que passar a guarda do meu filho pare ele, senão ele ia sumir com o meu filho. Eu não queria que ele tirasse a vida do meu filho e assinei o papel (passando a guarda da criança). Fiquei sem o meu filho. Ele não deixou eu falar com o meu filho, rasgava as cartas que eu mandava pra ele, arrancava ele do telefone, e nunca mais deixou eu ver o meu filho. O pai tirou ele de mim", conta ela no vídeo.

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.
#PeloCaminhar #PeloCaminhar
Mais do que mobilidade, caminhar também é apropriar-se da cidade. Mas o caminhar está difícil. A mobilidade a pé necessita de uma infraestrutura própria, decente, que eleve o pedestre ao posto maior. Por isso o JC lança a discussão #PeloCaminhar.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM