Jornal do Commercio
CRIME REAL

Penélope Cruz será Donatella Versace em série sobre assassinato

A atriz vai interpretar a irmã do estilista Gianni Versace na série, que será vivido por Edgar Ramírez

Publicado em 20/03/2017, às 18h35

Penélope Cruz fotografada no Festival de San Sebastian / Rafa Rivas/AFP
Penélope Cruz fotografada no Festival de San Sebastian
Rafa Rivas/AFP
AFP

A ganhadora do Oscar Penélope Cruz interpretará Donatella Versace, irmã de Gianni Versace, em uma série de televisão sobre o assassinato do aclamado estilista, informou nesta segunda-feira a produção.

Em "Versace: American Crime Story", o venezuelano Edgar Ramírez fará o papel de Gianni Versace, que foi encontrado morto nas escadas da sua casa, em Miami Beach, em 1997.

O assassino foi identificado como Andrew Cunanan, que naquele ano matou cinco pessoas e se suicidou dias depois do seu último crime, e que nesta série do canal FX será interpretado por Darren Criss.

ESTREIA EM SÉRIES

A série marca a estreia na televisão da atriz espanhola de 42 anos, que construiu uma carreira brilhante no cinema, tendo ganhado o Oscar de melhor atriz coadjuvante em 2009 por "Vicky Cristina Barcelona", além de ter sido indicada outras duas vezes, em 2007 ("Volver") e em 2010 ("Nove").

A produção de "Versace: American Crime Story", baseada no livro "Vulgar Favors" de Maureen Orth, começa em abril, para ir ao ar em 2018.

Será a terceira temporada da série sobre casos criminais famosos nos Estados Unidos, que começou em 2016 com a aclamada "The People v. O.J. Simpson", que contou com um elenco de estrelas como Cuba Gooding Jr. e John Travolta e ganhou dois Globos de Ouro.

A segunda temporada será sobre o furacão Katrina e a lenta resposta das autoridades ante a catástrofe, e também será exibida em 2018.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM