Jornal do Commercio
Mudanças

Estúdios querem filmes na Netflix 45 dias após estreia no cinema

Ideia é barrar a pirataria e estimular consumio de serviços de streaming

Publicado em 18/04/2017, às 19h19

Serviços de streaming seriam ferramenta contra pirataria / Netflix/Divulgação
Serviços de streaming seriam ferramenta contra pirataria
Netflix/Divulgação
JC Online

A Netflix está cada vez mais poderosa. De acordo com o periódico The Wall Street Journal, estúdios hollywoodianos estão estudando mudanças na forma como lançam seus filmes baseados no sucesso do serviço de streaming. A ideia é que as obras cheguem à plataforma 45 dias após estrearem nos cinemas.

A publicação afirma que a decisão não é inconsequente e seria resultado de muitos estudos dos estúdios a fim de barrar a pirataria. Dessa forma, ambos lucrariam: tanto a Netflix, quanto os estúdios, sem prejudicar os donos de salas de cinema, já que está sendo levada em consideração a margem de pessoas que já deixam de ir às salas por conta da pirataria.



 

SUCESSO

Atualmente, a Netflix abrange cerca de 130 países e já conta com 98,75 milhões de assinantes. A empresa espera bater a marca dos 100 milhões de usuários nas próximas semanas.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Ciro Gomes,19/04/2017

E o mundial do Palmeiras?

Por Mauro ,19/04/2017

Eu teria vergonha de escrever um artigo desses não foi essa a noticia não tem acordo nenhum com a Netflix a unica coisa que tem e que perceberão que tem que disponibilizar o conteúdo digital mais rápido e usarão o exemplo da Netfilx

Por Raphael,19/04/2017

Eu sou um dos que não assinam a Netflix por conta dos filmes que são relativamente antigos. Se pusessem em prática este modo de lançamento rápido para a plataforma eu certamente reconsideraria a minha intenção de assinar o serviço.

Por Evandro Beserra,19/04/2017

O cinéfilo gosta de ver filmes na telona e ouvir som de qualidade, além da possibilidade do 3D. Os demais gostam de assistir até mesmo no tablet. Já é hora de ser simultânea a transmissão. Tudo, inclusive TV aberta, tudo por streaming.

Por AUGUSTO,19/04/2017

Seria muito bom. Apesar que a pirataria nunca ira acabar. Principalmente para quem assisti filmes diarios. Digo isto porque existe milhares de filmes, a maioria nunca ira passar na TV ou saira em DVD, então é bom que exista maneiras de baixarmos e assistir filmes gratuitos. Ja assisti filmes baixados na internet que achei otimo e nunca chegou ao Brasil, então quem estou prejudicando nesta caso? Acredito que ninquem,pois alem de ter netflix ainda vou ao cinema semanalmente ,nada o substitui.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM