Jornal do Commercio
Periferia Criativa

Casa da Cultura recebe curso gratuito de formação em Cultura Popular

Iniciativa promove aperfeiçoamento técnico em criação e gestão cultural entre os dias 08 de maio a 17 de junho; Inscrições já estão abertas

Publicado em 04/05/2017, às 15h50

Priscila Moreira, Danilo Carias, Rute Pajeú, Maciel Salú e Dulce Reis são alguns dos palestrantes dos cursos oferecidos pela Periferia Criativa. / Foto: Humberto Reis/Divulgação
Priscila Moreira, Danilo Carias, Rute Pajeú, Maciel Salú e Dulce Reis são alguns dos palestrantes dos cursos oferecidos pela Periferia Criativa.
Foto: Humberto Reis/Divulgação
JC Online

O curso gratuito de aperfeiçoamento técnico e em criação e gestão cultural Periferia Criativa está com inscrições abertas até esta sexta-feira (5) através do link http://bit.ly/PeriferiaCriativa. A iniciativa do Grão Coletivo, que conta com incentivo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), será realizada de 08 de maio a 17 de junho, de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h, na Casa da Cultura (Sala Jota Soares, Raio Sul, 2º piso), e oferece 25 vagas gratuitas.

O principal objetivo é qualificar brincantes e produtores ligados à Cultura Popular, por meio de oficinas temáticas, sobre processo de gestão e qualificação de projetos para captação de recursos e empreendedorismo cultural, priorizando brincantes, mestres e profissionais que atuam no campo da cultura popular. A ideia é oferecer conteúdos que apoiem os alunos nas questões da sustentabilidade econômica dos grupos, visando o fortalecimento institucional e a conexão com oportunidades para o desenvolvimento de suas ações.

As 120 horas do curso Periferia Criativa estão dividas em seis módulos, que serão ministrados pelos seguintes produtores culturais integrantes do Grão Coletivo: Maciel Salú – Cultura Popular | Mestre Griô (08 a 12/05); Rute Pajeú – Gestão Financeira (15 a 19/05); Priscila Moreira – Território, identidade e pertencimento (29/05 a 02/06); Danilo Carias – Articulação Institucional (05 a 09/06); Dulce Reis e Walton Ribeiro – Comunicação, Mídias e Publicidade (12 a 16/06). O módulo de Criação Artística (22 a 26/05) será ministrado de forma colaborativa por todos os oficineiros. Para encerrar o curso, no dia 17 de junho (sábado), os alunos serão levados por um transporte disponibilizado pelo próprio Periferia Criativa para o Terreiro do Maracatu Águia Formosa de Tracunhaém, onde deverão participar de uma vivência com o grupo de cultura popular.



Durante as aulas, os oficineiros oferecerão conteúdo de pesquisa para os alunos a fim de incentivar o reconhecimento de tecnologias que viabilizem a gestão e a conexão com a cultura global e o mercado da cultura. Além disso, o Periferia Criativa tem como um de seus objetivos incentivar a organização dos grupos e provocar uma imersão criativa para que eles reconheçam seu potenciais e fragilidades, podendo, com isso, se empoderar e se fortalecer.

SERVIÇO

Periferia Criativa | Curso de aperfeiçoamento técnico e artístico na área de Cultura Popular e Tradicional
Quando: de 08 de maio a 17 de junho de 2017; aulas de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h
Encerramento: 17 de junho de 2017
Local: Casa da Cultura Luiz Gonzaga | Sala Jota Soares, Raio Sul, 2º piso. Bairro de Santo Antônio, Recife-PE
Período de inscrições: até sexta-feira (5/5)
Inscrições gratuitas: http://bit.ly/PeriferiaCriativa
Vagas: 25
Resultado das inscrições: neste sábado (6/5)
Convocatória: http://bit.ly/ConvocatoriaPeriferiaCriativa
Carga horária total: 120 horas
Informações: (81) 98236.3777 / criativo.producaocultural@gmail.com


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM