Jornal do Commercio
NOVELA DAS NOVE

Jeiza, de 'A Força do Querer', salva a vida do filho de Ritinha

Policial fará o parto da 'sereia' no meio de uma troca de tiros

Publicado em 17/05/2017, às 10h15

''As pessoas são preconceituosas e criam ligações que, às vezes, não fazem o menor sentido'', diz Paolla sobre a personagem Jeiza / Fotos: GShow/Divulgação
''As pessoas são preconceituosas e criam ligações que, às vezes, não fazem o menor sentido'', diz Paolla sobre a personagem Jeiza
Fotos: GShow/Divulgação
Raquel Rodrigues, da Estadão Conteúdo

Jeiza (Paolla Oliveira) vai passar por uma prova de fogo em A Força do Querer, novela das 21h da Globo. Na trama de Glória Perez, a personagem, que trabalha no Batalhão de Ações com Cães (BAC) da Polícia Militar, participa de uma operação policial e, durante uma troca de tiros, será a responsável pelo parto de Ritinha (Isis Valverde), que estará no meio da confusão. Mesmo com a vida da rival em suas mãos, Jeiza conseguirá fazer o que é certo e salvar o filho de Zeca (Marco Pigossi), sem saber do laço de sangue que une a criança ao seu noivo.

"As mulheres dessa novela são muito fortes. Mas a Jeiza traz algo a mais, porque está inserida em mundos masculinos. É como se ela não pudesse participar da polícia e lutar. Mas eu não acredito que tem isso; penso que, cada dia mais, o feminismo e a força das mulheres mostram que a gente pode o que quiser", defende.

Para interpretar Jeiza, Paolla teve uma preparação especial com a lutadora Érica Paes. A atriz gostou tanto do mundo da luta que pretende continuar a treinar jiu-jitsu mesmo após o término da novela. Entusiasmada, ela confessa que se apaixonou pelo esporte e que a preparação para o MMA (Mixed Martial Arts) é um pouco difícil, por conter muitas técnicas. Além disso, ela teve auxílio da major Elaine Baldanza, oficial da Polícia Militar do Rio de Janeiro, para compreender melhor o universo em que a personagem está inserida.

"Tem sido divertidíssimo, mas um pouco dolorido (risos). As artes marciais fazem bem para o corpo e para a mente. Tive que lidar com arma, aprender um jeito específico de falar, trabalhar com o meu companheiro de cena, o Iron, um pastor-belga malinois, que tem me dado trabalho, mas é muito querido. Jeiza é multifacetada", afirma.

Paolla ressalta que, apesar de durona, Jeiza é feminina. E, como toda mulher, pode sofrer por amor. Inclusive, as brigas com Zeca não vão parar. Após fazer o parto de Ritinha, ela será convidada para ser a madrinha do bebê e o noivo se irritará. Segundo a atriz, o relacionamento da policial com Zeca é muito próximo aos que existem no mundo real.



"É hilário ver a relação dos dois. O que eu mais gosto é que ninguém vai procurar ninguém. Eles se encontram, criam uma amizade e se detestam, de cara, porque são muito parecidos. Aí aconteceu um amor às avessas", relata.

FEMINISMO

A força de Jeiza, direta ou indiretamente, está ligada às conquistas das mulheres com o passar dos anos. Por isso, sempre que Paolla fala do feminismo, reafirma que o mais importante é a igualdade de direitos entre homens e mulheres.

"Quando a gente fala em feminismo é interessante olhar pra trás e ver o quanto já ganhamos, porque só conseguimos caminhar quando vemos o que conquistamos. Senão a gente está sempre insatisfeita", diz.

Sem dúvida, Jeiza é uma personagem bem diferente dos últimos papéis de Paolla, como em 'Além do Tempo'(2015/2016), 'Felizes para Sempre?'(2015) e 'Amor à Vida'(2013/2014). A atriz conta que, por causa de Jeiza ser policial e seu hobby o MMA, tendo uma postura mais rígida, já questionaram a sexualidade da personagem. Sua intérprete enxerga essa atitude do público como a demonstração do preconceito arraigado nas pessoas.

"O preconceito existe. Já me perguntaram se a Jeiza era gay e falei que não. Nada contra, mas a personagem não é. Se ela vai se apaixonar pela Ritinha, eu já não sei (risos). Mas, por enquanto, não é! As pessoas são preconceituosas e criam ligações que, às vezes, não fazem o menor sentido", finaliza, em tom de brincadeira.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM