Jornal do Commercio
Aniversário

TV Jornal comemora 57 anos a caminho da plenitude digital

Primeira emissora de televisão a ser inaugurada em Pernambuco celebra idade nova e entra em fase histórica a partir de 26 de julho

Publicado em 18/06/2017, às 05h00

TV Jornal completa 57 anos preparada para o futuro. / Foto: Divulgação
TV Jornal completa 57 anos preparada para o futuro.
Foto: Divulgação
Robson Gomes

Pioneirismo e tradição são palavras que marcam a história da TV Jornal. Hoje, a primeira emissora de televisão de Pernambuco, pertencente ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, completa 57 anos no ar. Afiliada do SBT há três décadas, o Canal 2 registra mais um ano de vida em 2017 celebrando uma programação local de qualidade, junto com a vice-liderança de audiência e às vésperas de outro marco histórico: o desligamento do sinal analógico no Grande Recife e a substituição definitiva pelo sinal digital, que também iniciou suas transmissões em HD no Estado através das antenas localizadas em sua sede, na Rua do Lima.

“Buscamos estar sempre à frente nos quesitos tecnológicos e no que envolve a aproximação com o telespectador do nosso Estado, fortalecidos ainda mais com o nosso slogan que é Pernambuco em primeiro lugar”, reforça Erilson Gouveia, gerente de Programação e Produção da TV e Rádio Jornal. E é junto aos telespectadores que a TV Jornal quer comemorar esta nova fase. A partir de hoje, o público vai acompanhar durante a programação até o próximo sábado, mensagens especiais de aniversário gravadas pelo casting do SBT. Patrícia Abravanel, Celso Portiolli e até Raul Gil – que já se apresentou no famoso auditório da TV Jornal nos primeiros anos da emissora – vão celebrar com o público pernambucano.

Além dos artistas nacionais, outras afiliadas do SBT também vão parabenizar o Canal 2 pelos 57 anos. Comunicadores de emissoras como Rede Massa, SBT Rio, TV Alterosa, TV Jangadeiro e TV Aratu também vão deixar suas mensagens ao canal pernambucano, reforçando o espírito de integração e a importância da TV Jornal como uma das primeiras emissoras do País.

Junto às mensagens comemorativas, também vão ser intensificadas as chamadas para alertar o telespectador sobre o desligamento do sinal analógico, programado para 26 de julho. Todos os apresentadores da TV Jornal estão envolvidos nessa tarefa. “Estamos totalmente preparados para o momento do desligamento. E buscamos, com o nosso casting e produção contínua e diária de jornalismo e entretenimento, apontar para os telespectadores, tantos os mais antigos quanto os mais jovens, sobre esta fase digital”, explica Erilson.



De acordo com o Ministério das Comunicações, o desligamento do sinal analógico só poderá ocorrer no Grande Recife quando 93% dos domicílios desta região estiverem preparados para receber o sinal digital: “Os resultados de um sinal 100% digital são inegáveis. Você tem som de melhor qualidade, imagens sem chuviscos e sem ruídos. Nós já produzimos com qualidade e precisamos que os telespectadores também nos recebam com a melhor qualidade”, registra Erilson.

É através desta qualidade de som e imagem aliada à forte programação local que a TV Jornal reafirma o seu lugar na história da televisão brasileira. É o que explica Beatriz Ivo, diretora de Jornalismo da TV Jornal: “A televisão no Brasil tem um papel diferente de qualquer lugar do mundo. É o maior meio de propagação de cidadania, quando faz um jornalismo de qualidade, e também de uma capilaridade, do ponto de vista do entretenimento, que gera uma intimidade com o povo brasileiro. A TV Jornal cumpre exatamente essas duas tarefas: promove uma reflexão profunda através de seu jornalismo, junto ao entretenimento que se diferencia desde a sua raiz até agora porque mantém a cultura de Pernambuco que é muito forte”.

Com uma história de 57 anos aliados ao poder de inovação, o Canal 2 pretende acompanhar o seu público, de mãos dadas, para esse marco na TV de Pernambuco, que será o desligamento do sinal analógico. “Nós unimos a tradição da programação com a força do que é Pernambuco, com o melhor do que há em tecnologia. O que inventarem nós estaremos lá para cumprir exatamente esse papel: de ser a companheira e a grande cúmplice do povo pernambucano do ponto de vista de distribuição do audiovisual”, afirma Beatriz.

Com o pensamento voltado para o futuro, a TV Jornal está bastante otimista para esta nova fase. “As experiências que foram feitas até agora em lugares como Goiás, Brasília e São Paulo, foram de absoluto sucesso. Porque mesmo com a complexidade de uma mudança de sistema de transmissão de televisão, a perda de audiência foi quase nenhuma. E acreditamos que Pernambuco seguirá o mesmo rumo. As mensagens que estamos veiculando através dos nossos comunicadores – que são tão íntimos do nosso público – esperamos que sejam ouvidas e realmente entendam que eles precisam se preparar. Desde adquirir um conversor, ou comprar uma TV já adaptada para esta nova realidade. É um investimento que os telespectadores vão fazer para não perder o nosso conteúdo de qualidade”, conclui Beatriz.

A EVOLUÇÃO DA TV NO BRASIL

Linha do tempo da TV Brasileira

 FIQUE LIGADO!

A transição analógica para o digital

 


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM