Jornal do Commercio
GAME OF THRONES

Relembre a caminhada de Daenerys, Cersei e Jon Snow em Game of Thrones

Personagens assumem novos tronos neste ponto da história contada pela série da HBO

Publicado em 15/07/2017, às 21h52

Daenerys Targaryen (Emilia Clarke), Cersei Lannister (Lena Headey) e Jon Snow (Kit Harington) / HBO/Divulgação
Daenerys Targaryen (Emilia Clarke), Cersei Lannister (Lena Headey) e Jon Snow (Kit Harington)
HBO/Divulgação
JC Online

No início da sétima temporada da série Game of Thrones (HBO), que estreia neste domingo (16/7), a personagem Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) chegará em Pedra do Dragão. Dragonstone, aliás, foi o nome escolhido para o primeiro episódio deste novo ciclo da produção inspirada na obra de George R. R. Martin. O retorno da personagem para a sua casa não marca o final de uma trajetória, mas é, sem dúvida, um marco no longo caminho percorrido por ela até este ponto da narrativa.

O posto que Daenerys almeja, neste momento, é ocupado por Cersei Lannister (Lena Headey), coroada no final da sexta temporada. Mas a atual ocupante do Trono de Ferro está consciente de quem tem inimigos se aproximando por todos os lados.

Também há pouco tempo, ainda que por circunstâncias distintas, Jon Snow (Kit Harington) se viu eleito o novo Rei do Norte em uma movimentação impulsionada pelo discurso de Lyanna Mormont. Ao contrário das outras duas rainhas, ele já está preocupado com a chegada do inverno e a proximidade da Grande Batalha.

Mas, antes que tudo isso aconteça, podemos relembrar a caminhada de Daenerys, Cersei e Jon Snow em direção aos tronos que agora ocupam na história de Game of Thrones. Afinal, os três são bastante simbólicos para cada um dos personagens, tanto que esse foi o tema de um teaser lançado pela HBO, intitulado Long Walk.

Daenerys Targaryen

Dos três personagens em questão, Daenerys é a que começou a história fisicamente mais distante, vivendo como exilada com o irmão Viserys Targaryen (Harry Loyd) após a rebelião de Robert Baratheon (Mark Addy). Logo no início da série, ela foi obrigada a se casar com Khal Drogo (Jason Momoa) pois Viserys queria um exército para tentar reconquistar o Trono de Ferro.

Sendo que ele é morto após ameaçá-la e Daenerys permanece com os dothraki. Tempos depois, após sofrer um aborto, ela entra na fogueira do ritual fúnebre de Drogo segurando três ovos de dragão. É quando nascem Viserion, Rhaegal e Drogon - e Daenerys passa a ser chamada também de "a não queimada" e de "mãe dos dragões".

Agora uma Khaleesi, Daenerys lidera o khalasar pelo Deserto Vermelho e chega a Qarth em busca de ajuda para conquistar Westeros, mas tem seus dragões roubados. Após recuperá-los na Casa dos Imortais, ela conquista Astapor, Yunkai e Meereen. Em cada cidade, ela liberta as pessoas escravizadas, enfrenta rebeliões e conquista ou perde aliados. Facetas do espírito de liderança de Daenerys foram sendo desenvolvidos aos poucos, até chegar ao ponto em que ela reúne forças como as do Exército de Imaculados, dos dothraki e dos irmãos Greyjoy e também aliados mais estrategistas como Tyrion Lannister (Peter Dinklage).

A volta para casa, para Daenerys, é como a finalização de um ciclo para o início de outro, no qual ela vai conhecer seu papel em outro patamar da história (e finalmente encontrar-se com alguns personagens). "Ótimo. Você está no grande jogo agora e o grande jogo é aterrorizante", afirmou Tyrion para a jovem rainha ainda num episódio da sexta temporada, antes de acrescentar que só os tolos, ou os que se revelam como o pai dela, não sentem medo.



Cersei Lannister

Como membro da família Lannister e esposa do rei, Cersei há muito tempo estava imersa nas disputas pelo poder que movimentam Porto Real. Com a morte de Robert, os Lannisters tentam se manter na liderança enquanto surgem opositores como Robb Stark (Richard Madden), Renly Bataheon (Gethin Anthony) e Stannis Baratheon (Stephen Dillane) com seus respectivos aliados.

Mesmo assim, e com os boatos sobre a paternidade dos filhos de Cersei, Joffrey (Jack Gleeson) é coroado. Após o assassinato do irmão mais velho, chega a vez de Tommen (Dean-Charles Chapman/Callum Wharry) assumir o trono. Cersei perde a filha Myrcella (Nell Tiger Free/Aimee Richardson) e, numa tentativa de enfrentar seus inimigos, autorizou o Alto Pardal a restabelecer a Fé Militante e acabou fortalecendo algo que se virou contra ela.

A personagem foi ainda mais longe e planejou a explosão do Grande Septo de Baelor, mas perdeu Tommen e ficou ainda mais isolada. O caminho de Cersei ao trono foi marcado por mortes e, ao ser coroada, ela está praticamente sozinha. Ainda paira sobre ela a possibilidade de que se cumpra a última parte da profecia revelada por Maggy. 

Jon Snow

Jon Snow foi para a Muralha com o tio Benjen (‎Joseph Mawle) logo no começo da série e passou muito tempo afastado de Winterfell. No entanto, o roteiro da série foi construindo aos poucos a imagem de Jon como uma possível liderança para o Norte. Não pelo fator hereditariedade, já que era conhecido por todos como um bastardo de Ned Stark (Sean Bean), mas pelas próprias experiências que ele vivia neste tempo entre os Homens Livres e a Patrulha da Noite, além do próprio elo como os Stark.

Se ele não for o Azor Ahai, como alguns acreditam, ao menos desde o início Jon desponta como alguém que poderia juntar algumas pontas na defesa do Norte contra os White Walkers. Ele conhece cada "lado" da história, o que também acaba representando um risco para ele, já que é visto por alguns como traidor. Eleito Lorde Comandante, vai a Hardhome e tenta um acordo com a colaboração de Tormund (Kristofer Hivju). É lá também que ele mata um dos Caminhantes Brancos.

Após sofrer uma emboscada, ser revivido por Melisandre (Carice Van Houten) e entregar o cargo de Lorde Comandante, Jon se reaproxima da sua ligação com Winterfell. Com a chegada de Sansa (Sophie Turner) e as notícias sobre Rickon (Art Parkinson), tenta reunir as casas nortenhas. Ao final da Batalha dos Bastardos, é declarado Rei do Norte e parece surpreso. Agora, além de se preparar para a Grande Batalha, terá que lidar com desafios como a presença do Lorde Baelish (Aidan Gillen), que pode ter alguma influência sobre Sansa - ainda não dá para ter certeza - ou cobrar caro pela chegada com o exército do Vale de Arryn.

Qual seria a sua casa em Game of Thrones?

Com a chegada da nova temporada da série Game of Thrones (HBO), o Jornal do Commercio lança uma brincadeira que desperta a curiosidade de qualquer fã. Afinal de contas, se você vivesse em Westeros durante a disputa pelo trono de ferro, a que família pertenceria? É só logar com o seu Facebook e descobrir.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM