Jornal do Commercio
Rádio

Thammy Miranda conta que não mudou de nome a pedido de seu pai

'Eu ia trocar, pedi para minha mãe e meu pai escolherem um', disse

Publicado em 17/05/2018, às 10h55

Thammy Miranda / Foto: Reprodução / Instagram / @thammymiranda
Thammy Miranda
Foto: Reprodução / Instagram / @thammymiranda
Estadão Conteúdo

Questionado sobre os motivos pelos quais não trocou seu nome, Thammy Miranda contou que cogitou a possibilidade, em entrevista ao Pânico da rádio Jovem Pan nessa quarta-feira, 16.

"Eu ia trocar de nome. Inclusive pedi para minha mãe e meu pai escolherem um nome". Em seguida, porém, a pedido de seu pai, motivado por sua religião, optou por não mudar o primeiro nome. Retirou apenas o "Cristina" de sua certidão.



"Se quiser colocar um p... na testa você coloca, só não troca seu nome", teria dito ele, de acordo com Thammy.

"De dentro pra fora"

Em outro momento, o filho de Gretchen ressaltou a importância das nomenclaturas e terminações corretas em relação ao mundo LGBT: "Eu concordo que tem muita sigla, muita letra, muita coisa. Às vezes até eu mesmo me confundo. Mas não é uma questão de inventar modinha, de escolher, nem nada. Vai além. É de dentro pra fora."

Confira parte da entrevista abaixo:


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM