Jornal do Commercio
inusitado

Ator de 'Smallville' é solto de cadeia por causa de superlotação

John Schneider foi preso na terça (12) por não ter pago a pensão para sua ex-esposa

Publicado em 13/06/2018, às 18h58

O ator John Schneider na época da série Smallville / Reprodução
O ator John Schneider na época da série Smallville
Reprodução
Estadão Conteúdo

O ator John Schneider foi preso na manhã dessa terça-feira, 12, por não pagar pensão à sua ex-mulher e deveria ficar três dias na detenção, mas acabou sendo liberado apenas cinco horas depois.

O motivo para a saída antecipada do ator seria a superlotação da cadeia de Los Angeles, que faz com que boa parte das sentenças de detidos por crimes não violentos sejam reduzidas, informa o site TMZ.



CONDENADO

Conhecido por sua atuação em Smallville, John foi condenado por não pagar mais de R$ 555 mil de pensão. Ele ainda deve realizar 240 horas de serviço comunitário e precisa cumprir uma série de obrigações financeiras para evitar voltar ao cárcere.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM