Jornal do Commercio
DESPEDIDA

Morre aos 93 anos o escritor e professor Rubem Franca

Especialista na obra de Luís de Camões, Rubem era formado em história e medicina

Publicado em 21/12/2016, às 15h38

Rubem Franca ensinou no Colégio de Aplicação da UFPE / Facebook/Reprodução
Rubem Franca ensinou no Colégio de Aplicação da UFPE
Facebook/Reprodução
JC Online

O escritor e historiador pernambucano Rubem Franca faleceu nesta quarta (21/12) aos 93 anos. Especialista na obra de Camões – Gilberto Freyre dizia que ele era o maior conhecedor da vida e obra do poeta português –, Rubempublicou ao longo da vida obras como Um Passo dos Lusíadas e Como Entender e Apreciar Camões.

O autor trabalhou como professor de História  no Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco e também era formado em Medicina. Além de Camões, era um admirador de autores como Dante Alighieri, Augusto dos Anjos e Fernando Pessoa. Publicou obras também sobre os monumentos recifenses, a Confederação do Equador e Victor Hugo, entre outros assuntos.

VELÓRIO E CREMAÇÃO

Na página do Facebook em homenagem ao autor, foi postada uma mensagem informando do falecimento. “É com tristeza e com uma imensa saudade que comunicamos que o nosso mestre nos deixou. Sua saúde estava bastante delicada nos últimos tempos, com seus 93 anos”, diz o texto. O velório acontece desde às 14h na sala 2 do cemitério Morada da Paz. A cremação acontece às 17h.

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.
#PeloCaminhar #PeloCaminhar
Mais do que mobilidade, caminhar também é apropriar-se da cidade. Mas o caminhar está difícil. A mobilidade a pé necessita de uma infraestrutura própria, decente, que eleve o pedestre ao posto maior. Por isso o JC lança a discussão #PeloCaminhar.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM