Jornal do Commercio
LUTO

Morre o escritor argentino Ricardo Piglia

Principal autor argentino da atualidade, ele é o criador de obras como Respiração Artificial e O Caminho de Ida

Publicado em 06/01/2017, às 17h53

Ricardo Piglia tinha 75 anos / Jorge Silva/AFP
Ricardo Piglia tinha 75 anos
Jorge Silva/AFP
JC Online

Morreu nesta sexta-feira (7/1) o escritor argentino Ricardo Piglia aos 75 anos. Um dos principais autores da história da Argentina, ele já havia sido diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). A causa da morte não foi informada.

Piglia foi o criador de obras-primas da literatura latinoamericana como Respiração Artificial. Nascido em 1942, estudou literatura porque queria continuar alimentando seu amor pelos livros. Além de um dos grande prosadores da atualidade, foi um crítico importante e atuou por anos como professor em Princeton, nos Estados Unidos.

DIÁRIOS

Recentemente, estava publicando Os Diários de Emilio Renzi, seu alterego literário. Por conta da ELA, elehavia voltado a morar na Argentina, em Buenos Aires.

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM